«O nosso dever é ouvir os produtores e envolvê-los no processo de decisão»

«O nosso dever é ouvir os produtores e envolvê-los no processo de decisão»

Susana Pombo, que completa um ano à frente da Direcção Geral de Alimentação e Veterinária, fala da relação que a entidade mantém com o sector primário e as ferramentas que poderão estar disponíveis para responder às ambiciosas metas europeias e para combater as principais pragas e doenças que ameaçam o nosso território. Explica ainda como se mantiveram as relações de comércio internacional no contexto pandémico e quais as grandes prioridades findo o período da Presidência Portuguesa no Conselho da União Europeia.

Consulte aqui a entrevista completa!

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Frutos de Caroço
Próximo Incêndios: Proença-a-Nova apoia proprietários afetados em 2020

Artigos relacionados

Sugeridas

Baixo caudal do Tejo continua a afetar culturas entre Abrantes e Constância – agricultores

O presidente da Associação de Agricultores de Abrantes, Constância, Sardoal e Mação disse hoje à Lusa que os fracos caudais do rio Tejo, controlados na barragem […]

Últimas

Carrefour decide não vender morangos em janeiro

O grupo de retalho Carrefour decidiu que, neste mês, janeiro, não vão ser vendidos morangos nas lojas francesas da empresa. Na rede social Twitter, […]

Nacional

Incêndios. Proença-a-Nova aprova plano de defesa da floresta de terceira geração

“Sendo a floresta sempre uma prioridade de intervenção, e depois do esforço realizado para se ter de forma atempada o PMDFCI de terceira geração, […]