Novos órgãos sociais do COTHN-CC para o triénio 2020-2022

Novos órgãos sociais do COTHN-CC para o triénio 2020-2022

Forem eleitos os novos órgão sociais do COTHN-CC para o triénio de 2020-2022 tendo mesmo já tomado posse na assembleia geral de dia 29 de junho de 2020.

Os novos elementos dos órgão sociais são:

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL:
Presidente:
· Escola Superior Agrária de Santarém – ESAS – Maria do Céu Godinho
Vice-Presidente:
· Cooperativa Agrícola de Alcobaça – Manuel Castelhano
Secretário:
· Universidade de Trás-os-Montes – UTAD – Eduardo Rosa

DIRECÇÃO:
Presidente:
· Torriba – Rodrigo Vinagre
Vice-Presidente:
· Federação Nacional das Organizações de Produtores – FNOP – Filipe Ferreira
Vogais
. Appizêzere – Sara Martins
· Hortapronta – Carlos Marques
· Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária – INIAV – Rui de Sousa
. Agromais – Mário Antunes
· Instituto Superior de Agronomia – ISA – Cristina Oliveira

CONSELHO FISCAL:
Presidente:
· Escola Superior Agrária de Ponte de Lima – ESA IPVC – Raúl Rodrigues
Vogais:
· Portugal Fresh – Gonçalo Santos Andrade
· Associação de Agricultores do Ribatejo – AAR – António Saldanha

Despedida de Paulo Pires Águas

Tendo ingressado nas direções do COTHN desde 2001, assumiu em 2011 a presidência da direção do COTHN, onde permaneceu por 3 triénios. Ao logo destes últimos 3 mandatos foi a voz da produção de fruteiras da Beira Interior, tendo permitido a maior aproximação do COTHN-CC a esta zona produtiva do país. Tendo sempre como objetivo alargar a abrangência nacional do COTHN-CC, promoveu inúmeras parcerias quer em território nacional, quer nas regiões autónomas. Promoveu fortemente a atividade relacionada com os projetos numa óptica de fortalecimento das relações entre as Entidades do SCTN e a produção. Este trabalho foi reconhecido pelo reconhecimento do COTHN como Centro de Competências para a Fileira Hortofrutícola por parte do Ministério da Agricultura e como Centro de Interface Tecnológica (CIT) pelo Ministério da Economia. O último ano do seu mandato fica ainda marcado pela realização conjunta com a Portugal Fresh e FNOP do Estudo Estratégico para a Fileira Hortofrutícola.

Comente este artigo
Anterior 2.º Webinar SPREGA "Gestão de uma Raça: Seleção vs Cruzamento" - 6 de julho
Próximo Madeira vai realizar novo censo agrícola após quadro comunitário 2014/2020

Artigos relacionados

Últimas

PE e Conselho concordam em antecipar verbas no âmbito da nova PAC

O Parlamento Europeu (PE) e o Conselho da União Europeia (UE) chegaram hoje, no primeiro trílogo sobre a nova Política Agrícola Comum (PAC), a acordo sobre o Mecanismo de Recuperação, […]

Nacional

Baião prevê investir 5,2 ME em 10 anos na defesa da floresta contra incêndios

A Câmara de Baião informou que o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), hoje aprovado, prevê um investimento de cerca de 5,2 milhões de euros, até 2030. […]

Comunicados