Noventa bombeiros e dois meios aéreos combatem fogo em Barcelos

Noventa bombeiros e dois meios aéreos combatem fogo em Barcelos

Noventa e um bombeiros e dois meios aéreos estão a combater um incêndio que deflagrou este sábado à tarde, em Tamel, no concelho de Barcelos.

O alerta foi dado pelas 13h26. Pelas 15h41, o fogo ainda estava em curso numa zona de mato e floresta.

Não há habitações em risco, disse à Renascença fonte do CDOS de Braga.

Vento e temperatura elevada estão a dificultar o combate às chamas.

O fogo começou na zona de Tamel.

A combater as chamas estão 91 operacionais, 28 viaturas e dois meios aéreos.

O ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, pede aos portugueses que evitem comportamentos de risco, nomeadamente na agricultura devido ao risco elevado de incêndio para os próximos dias.

Este fim de semana o risco de incêndio aumenta, prevendo-se que seja muito elevado para o distrito de Faro e Portalegre e elevado em 22 concelhos de Faro, Beja, Castelo Branco, Santarém e Portalegre e volta a subir na terça-feira, onde são mais de 70 os concelhos em risco elevado de incêndio, 16 em muito elevado e um em risco máximo (Mação, no distrito de Santarém).

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Nova direção da Unileite quer "medidas pioneiras" na fileira do leite nos Açores
Próximo Reforçados meios aéreos no combate ao fogo em Barcelos

Artigos relacionados

Nacional

Estudo revela que um quinto das florestas australianas arderam devido a seca extrema

Os incêndios recentes “sem precedentes” que destruíram um quinto das florestas australianas estão ligados a uma seca de vários anos, devido às alterações climáticas, […]

Nacional

Regadio comprometido na Barragem da Vigia. “Situação é grave”, admite autarca

O abastecimento público está garantido, mas agricultores não puderam fazer culturas de verão e estão preocupados. Albufeira está a 17% da sua capacidade. […]

Nacional

Acréscimo manifesta “preocupações” na transferência do pelouro da Floresta para Ministério do Ambiente

A direcção da Acréscimo – Associação de Promoção ao Investimento Florestal manifesta “preocupações” na transferência do pelouro da Floresta para Ministério do Ambiente. […]