“Não há uma cultura enraizada de preferir o que é nosso”

“Não há uma cultura enraizada de preferir o que é nosso”

[Fonte: Voz do Campo]

Patrícia Duarte, Associação Portuguesa de Kiwicultores

O consumidor nacional, de forma geral, sabe que o que se faz cá faz-se bem, mas ainda não há uma cultura enraizada de preferir o que é nosso, como se verifica noutros países, como por exemplo em França. Para além disso pensamos que falta ainda trabalhar melhor o mercado nacional porque o kiwi ainda não entrou completamente nos lares portugueses. Mas a qualidade está cá. A prová-lo está um estudo promovido por nós em parceria com a Universidade Católica no âmbito do Projeto SIAC Internacionalização “Kiwis de Portugal”. Foi criado um painel de provadores, com várias provas cegas e em todas elas o nosso kiwi foi o mais apreciado.

Comente este artigo

O artigo “Não há uma cultura enraizada de preferir o que é nosso” foi publicado originalmente em Voz do Campo

Anterior “Todas as indústrias do setor agroalimentar desperdiçam energia, principalmente térmica e elétrica”
Próximo “A Feira Nacional de Agricultura é a grande montra do setor agrícola nacional”

Artigos relacionados

Últimas

Conferência CAP – A Agricultura num Mundo em Mudança – 11 de Dezembro 2017 – Lisboa

A Confederação dos Agricultores de Portugal vai promover a Conferência “A Agricultura num Mundo em Mudança” que decorrerá no dia 11 de dezembro de 2017 a partir das 10H00 no hotel Tryp Lisboa Aeroporto.
Os temas em destaque são os seguintes:

Geopolítica e Geoeconomia: Tendências, Riscos e Oportunidades do Mundo em 2018”
Caminhos para a Agricultura Europeia
Demografia e Fluxos Migratórios: Desafios para o Futuro
O Papel do Conhecimento no Futuro da Agricultura

Consulte o programa completo e inscreva-se aqui. […]

Sugeridas

Há cinco anos que a agricultura cresce mais que o resto da economia

[Expresso] Entre 2011 e 2015 o sector da agricultura, cresceu 2,4%, contra -0,9 no conjunto da economia. A produtividade aumentou 12% (0,3% na economia no seu todo). Ficou mal na fotografia no domínio do emprego, variável que caiu 8,3%, contra 1% no conjunto da atividade económica. […]

Últimas

Investimento não para de cair com o atual Governo. Investem-se menos €1,66 milhões por dia face a 2015

[Fonte: Expresso]
A economia portuguesa podia estar a crescer acima dos 2% se o investimento tivesse mantido a recuperação iniciada no final de 2013, na segunda metade do mandato do Governo PSD/ CDS. Mas não está. Desde que o Governo PS tomou posse, […]