Na selva com o biólogo que provou porque devemos salvar a Amazónia

Na selva com o biólogo que provou porque devemos salvar a Amazónia

É de noite na floresta tropical – barulhenta, quente e escura. O denso dossel florestal não deixa ver o céu. Por um instante, sentimo-nos num vácuo, numa extensão de negro vazia e ilimitada, prensada sob o calor húmido dos trópicos. E aquele rugido constante da floresta. Até que os ouvidos começam a encontrar a ordem. O restolhar das folhas, o rangido da vegetação, o zumbido dos insectos. Os gritos distantes dos macacos-bugios.

O artigo foi publicado originalmente em Público.

Comente este artigo
Anterior No G7, o “G” passou a ser de Guerra — Guerra comercial
Próximo Seminário: Vespa velutina – Uma ameaça real - 29 de agosto - Penafiel

Artigos relacionados

Sugeridas

Resumo Climatológico – Setembro 2019: Quente e Seco

O mês de Setembro de 2019 classificou-se como quente em relação à temperatura do ar e seco em relação à precipitação […]

Nacional

Este fim de semana a Melancia do Ladoeiro vai estar em alta

O 15º Festival da Melancia do Ladoeiro, Idanha-a-Nova, está de volta desta sexta-feira a domingo (26 a 28 de julho), com muita animação e toneladas do fruto mais refrescante e saboroso do verão. […]

Nacional

GNR vai fiscalizar explorações agrícolas para prevenir tráfico humano

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar o patrulhamento nas explorações agrícolas em todo o país até ao final do ano para prevenir a criminalidade, […]