Município de Boticas aposta na valorização do Sítio GIAHS

Município de Boticas aposta na valorização do Sítio GIAHS

No seguimento da classificação da região do Barroso, constituída pelos Concelhos de Boticas e Montalegre, como Património Agrícola Mundial pela FAO e no sentido de materializar o plano de ação definido no processo de classificação, o Município de Boticas apresentou uma candidatura, designada “Valorização do Património Paisagístico do Barroso – Território GIAHS” – PDR2020-10.2.1.6-FEADER-049892, no âmbito do PDR2020 – Programa de Desenvolvimento Rural 2020, Medida 10.2.1.6 – Renovação de Aldeias, enquadrada no aviso N.º002/ADRAT/10216/2018, tendo sido aprovada com um investimento total elegível de 75.464,00€ e uma comparticipação FEADER de 37.732,01€, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 50% do custo total elegível da operação.

No âmbito deste projeto estão previstas a realização de intervenções em diversos pontos estratégicos do Concelho, destinados à criação de uma rede de observatórios com vista à valorização do património natural, a construção de infraestruturas de apoio à observação da paisagem e, ainda, a colocação de painéis informativos de entrada no território GIAHS (Globally Important Agricultural Heritage Systems) nos três principais acessos ao Concelho de Boticas.

O Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, referiu que “este investimento vai contribuir para promover e divulgar este território, o primeiro do país a ser classificado como património paisagístico e agrícola mundial, permitindo que todos aqueles que nos visitam possam apreciar as belas paisagens existentes nesta região”, acrescentando que “é fundamental que se valorize e que se criem medidas de investimento ajustadas especificamente a este território e à sua preservação”.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Fim dos apoios ao olival
Próximo Agricultura. Ano bom para as cerejas mas mau para os cereais

Artigos relacionados

Últimas

Certificação do Alho da Graciosa como IGP será uma mais valia para a sua valorização, afirma João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou que a certificação do Alho da Graciosa como IGP (Indicação Geográfica Protegida) será uma […]

Últimas

CDS-PP quer medidas para melhorar no imediato tesouraria dos agricultores

O presidente do CDS-PP defendeu esta sexta-feira em Mafra que os apoios aos agricultores afetados pelas intempéries e pela pandemia não devem […]

Nacional

Autarquia da Lousã reconhece prémios obtidos pela Apimel no Concurso Nacional de Mel

Facebook
Twitter
Google+
Pinterest
WhatsApp


A Apimel, empresa Lousanense com 30 anos de atividade, foi distinguida, no dia 15 de março, […]