MicroAlgae Solutions Índia galardoada com o prestigiado prémio Liderança Tecnológica 2019

MicroAlgae Solutions Índia galardoada com o prestigiado prémio Liderança Tecnológica 2019

A MicroAlgae Solutions India Pvt. Ltd. (MASI), filial da Algaenergy na Índia, foi galardoada com o prestigiado prémio Liderança Tecnológica 2019, atribuído pela revista “Agriculture Today Índia” e entregue pelo Ministro da Agricultura da Índia, Shri Narendra Singh Tomar.

Este reconhecimento premeia a avançada tecnologia, única a nível mundial, criada pela AlgaEnergy e desenvolvida para o mercado indiano pela sua filial neste mercado  – a MASI. Diz a empresa que este importante reconhecimento reforça o êxito que a AlgaEnergy está a em solo indiano, assim como noutros mercados com os seus inovadores produtos para agricultura. Na Índia a AlgaEnergy associou-se ao Grupo Krishi Rasayan para criar uma empresa conjunta de comercialização – a AgMA Energy.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Seminário “O Futuro do Olival e Amendoal em Trás-os-Montes” - 23 de Julho - Torre de Moncorvo
Próximo Corticeira Amorim lança tecnologia anti-TCA para rolhas de espumante

Artigos relacionados

Dossiers

La almendra ecológica se salva de las bajadas en los precios


Esta semana tampoco hubo una tendencia clara en el mercado de la almendra, ya que se anotaron bajadas, subidas y repeticiones en los precios, […]

Últimas

Tribunal de Contas recusa muitos vistos prévios? Em 2018 “apenas” 2% dos contratos foram chumbados

“Tribunal de Contas (TC) recusa visto prévio…”. É desta forma que começam várias notícias sobre a atividade da instituição liderada por Vítor Caldeira. […]

Últimas

MERCADONA já testa produtos de marca própria em Matosinhos

A Mercadona vai entrar em 2019 no mercado português. A cadeia de distribuição espanhola, tal como o Pingo Doce, não faz a distinção entre marca própria padrão e premium. A estratégia da Mercadona assenta no modelo de coinovação, lançado em 2011. O modelo vai ser transposto para Portugal, estando neste momento […]