Mercadona em primeiro lugar no ranking de atração e retenção de talento no setor da distribuição em Espanha

Mercadona em primeiro lugar no ranking de atração e retenção de talento no setor da distribuição em Espanha

– A Mercadona é a empresa mais bem valorizada do setor da distribuição generalista em Espanha e a sexta a nível global para atrair e reter talento, segundo mais de 34.000 entrevistados pelo Monitor Empresarial de Reputação Corporativa (Merco) relativo ao mercado espanhol.
– As condições laborais da Mercadona destacam-se por oferecer emprego estável e de qualidade.

Porto, 16 de novembro de 2018.- A Mercadona foi, pelo segundo ano consecutivo, distinguida como a empresa no setor da distribuição generalista com maior capacidade para atrair e reter talento e a sexta a nível global em Espanha segundo o ranking Merco Talento do Monitor Empresarial de Reputação Corporativa (Merco). A empresa mantém em 2018 as mesmas duas posições que também alcançou em 2017, sendo-lhe reconhecida a atratividade enquanto empresa para se trabalhar.

O Monitor Merco é um estudo de reputação corporativa de referência em Espanha e América Latina. Desde 2006, centra-se na classificação das 100 empresas mais atrativas para se trabalhar em Espanha mediante a avaliação da gestão de pessoas e a análise das diferentes dimensões reputacionais relacionadas com o talento, tendo em conta a capacidade das empresas para captar e reter profissionais.

Este ano, o Merco Talento contou com a opinião de 18.415 trabalhadores, 8.091 cidadãos, 6.199 estudantes universitários, 1.206 alunos de escolas de negócios e 160 profissionais de distintos âmbitos dos Recursos Humanos, num total de 34.141 avaliações. Estes públicos avaliam as empresas segundo três valores-chave, que incidem e determinam a capacidade de atrair talento das mesmas: a Qualidade Laboral, a Marca Empregadora e a Reputação Interna.
A metodologia e os resultados do Merco Talento são submetidos a um processo de revisão independente pela KPMG, de acordo com a norma ISAE 3000.

Os colaboradores da Mercadona são um dos componentes essenciais para a empresa que, por isso, dispõe de um modelo de Recursos Humanos que oferece um emprego estável e de qualidade, salários acima da média do setor, formação e a possibilidade de promoção interna.As condições dos colaboradores também já foram reconhecidas pela Organização Internacional de Trabalho (OIT) no que respeita a emprego estável e de qualidade.

Comente este artigo
Anterior 3º Concurso de Ideias de Negócio do projeto AgriEmpreende arranca na próxima segunda-feira
Próximo Associação de Produtores de Fumeiro de Montalegre Desenvolve 5ª Ação de Capacitação

Artigos relacionados

Nacional

Feira Nacional de Agricultura: Atribuído prémio de Melhor Jovem Agricultor em dia com debates de referência sobre temas actuais do mundo agrícola

O prémio de “Melhor Jovem Agricultor 2019”, iniciativa que tem como objetivo valorizar e premiar os novos projectos na área agrícola e cujo vencedor vai representar Portugal no Concurso Europeu em Bruxelas, […]

Últimas

Governo espera concluir em julho negociações para exportação de carne de suíno para a China

Cartaxo, Santarém, 22 jun (Lusa) — O secretário de Estado da Agricultura disse hoje, no Cartaxo, esperar que o processo negocial com a China para a abertura do “fluxo de exportações” […]

Sugeridas

Agricultura e Coesão – Editorial de Teresa Silveira + Suplemento Agrovida

Ainda que torturados, os números não mentem. E as estatísticas dizem que, apesar de 22 anos de integração na UE, vivemos um crescente despovoamento, envelhecimento e empobrecimento do interior, que os milhares de milhões de euros dos sucessivos quadros comunitários (ainda) não fizeram inverter. E as regiões ditas de baixa densidade – há quem lhes chame territórios de elevado potencial, embora nas últimas décadas […]