Mercadona dá início à contratação para as lojas de Portugal

Mercadona dá início à contratação para as lojas de Portugal

A Mercadona inicia hoje o processo de contratação de Operadores de Supermercado para as lojas de Portugal, localizadas em Vila Nova de Gaia, Matosinhos e Gondomar, na zona do Grande Porto, e que abrirão portas em 2019.

José Elías Portalés, Diretor de Contratação de Recursos Humanos da empresa, destaca: “o colaborador é um ativo muito valioso. A Mercadona tem como objetivo dispor de uma equipa comprometida com a excelência e o serviço, altamente motivada e em linha com a visão da empresa para alcançar os objetivos do projeto comum. Sabemos que os colaboradores têm de estar motivados para que toda a empresa preste um bom serviço à nossa principal prioridade, o “Chefe”, ou seja, o cliente. Por isso, aquilo que hoje é a Mercadona resulta das ideias e do esforço de todos: uma equipa repleta de talento”.

Para as quatro lojas que vai abrir em Portugal no próximo ano, a Mercadona procura Operadores de Supermercado para todas as secções: Frutaria, Peixaria, Talho, Charcutaria, Pastelaria e Padaria, Perfumaria, Caixas, Reposição, Limpeza, Serviço ao Domicílio e Manutenção. Os candidatos deverão ter a escolaridade mínima obrigatória, disponibilidade para trabalhar em horário semanal de 40 horas e uma forte orientação para o atendimento ao cliente.

As pessoas contratadas vão receber uma formação inicial em Espanha, onde aprenderão o Modelo de Qualidade Total (modelo de gestão aplicado pela Mercadona) e a desempenhar as funções próprias do respetivo posto de trabalho. Durante o período da formação, os colaboradores terão todos os gastos de alojamento e alimentação a cargo da empresa, assim como as deslocações.

Todos os interessados nas diferentes ofertas de emprego da Mercadona podem apresentar a sua candidatura através site da empresa: www.mercadona.pt, acedendo à secção “Emprego” e submetendo o seu currículo.

Política de Recursos Humanos reconhecida pela ONU

A política de Recursos Humanos da Mercadona foi reconhecida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), dependente das Nações Unidas, no seu estudo “O Emprego Atípico no Mundo”. Para a OIT, a aposta da Mercadona no emprego estável e de qualidade, assim como o esforço que realiza na formação e partilha de lucros com os trabalhadores, são fatores que sustentam e justificam o êxito da sua política de Recursos Humanos.

Compromisso sustentado para o crescimento profissional e equilíbrio

A Mercadona prevê implementar em Portugal o seu modelo de Recursos Humanos. É um modelo que aposta nas pessoas e no seu desenvolvimento profissional, com base em empregos estáveis e de qualidade, que promove a equidade, a conciliação com a vida pessoal e a promoção interna. Estas características têm contribuído para que, desde há vários anos, a empresa seja reconhecida no âmbito laboral, de acordo com vários estudos de referência, como o MERCO Pessoas ou o estudo sobre a Situação de Conciliação em Espanha, elaborado pelo Instituto Internacional de Ciências Políticas, que têm reconhecido a Mercadona como uma das empresas de referência na gestão dos recursos humanos e a primeira do setor da distribuição.

Projeto da Mercadona em Portugal

A Mercadona conta já com uma equipa de 120 profissionais portugueses, em postos de direção média, na operação em Portugal. Desde que a empresa anunciou a decisão de começar o seu plano de internacionalização com a entrada no mercado português, em junho de 2016, tem trabalhado para o objetivo de abrir as primeiras quatro lojas em 2019, na zona do Grande Porto.

Neste contexto, foram criados os escritórios da empresa no Porto, onde se encontra a sede da sociedade Irmãdona Supermercados S.A., com o objetivo de pagar os impostos da sua atividade portuguesa em Portugal. Foi construído também o Centro de Coinovação, em Matosinhos, que pretende ajudar a equipa da Mercadona a definir a gama de produtos em Portugal, adaptada às necessidades do “Chefe” português [como a Mercadona denomina o cliente].

 

Comente este artigo
Anterior Oferta de Emprego - Viticultura e Enologia (M/F) - Vidigueira
Próximo Últimas Inscrições - 9º Colóquio Nacional do Milho 2018 - 7 de Fevereiro 2018- Póvoa de Varzim

Artigos relacionados

Últimas

Governo: Miguel Freitas assume florestas numa altura em que pasta domina agenda política

Lisboa, 14 jul (Lusa) – Miguel Freitas assume a pasta das Florestas e do Desenvolvimento Rural em pleno verão, numa altura em que o incêndio que deflagrou em junho em Pedrógão Grande colocou a gestão florestal no centro da agenda política e mediática.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_2 span,#wpdevar_comment_2 iframe{width:100% !important;} […]

Comunicados

Finalistas à 2ª edição do Navigator Art on Paper Prize já são conhecidos

[Fonte: Navigator Art on Paper Prize]

Maior prémio de arte em papel do mundo


são conhecidos os cinco artistas finalistas à 2ª edição do Navigator
Art on Paper Prize, o maior galardão de Arte em papel no mundo cujo
artista vencedor será tornado público no próximo dia 11 de maio. […]

Eventos

Produtores de Fumeiro de Montalegre debatem a importância da Certificação IGP – 15 de junho

[Fonte: Voz do Campo]

No próximo dia 15 de junho, a Associação de Produtores de Fumeiro de Montalegre irá promover a 6ª Ação de Capacitação, no âmbito da execução do projeto Fumeiro de Montalegre – Cooperar para competir e desenvolver, destinado a promover a cooperação e coopetição empresarial. […]