Mercado de Primavera em Abrantes

Mercado de Primavera em Abrantes

[Fonte: Voz do Campo]

No próximo dia 23 de março será dinamizado um Mercado da Primavera entre as 9h e as 13h, junto ao edifício Millenium, em Abrantes. A esta iniciativa, de exposição e venda de hortofrutícolas, agroalimentares e artesanato, associa-se também uma oficina de plantas ornamentais gratuita.

No âmbito do projecto Bairro ConVida e prosseguindo a estratégia de valorização e promoção do que é produzido em Abrantes, Constância e Sardoal, a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior e o Núcleo de Produtores PROVE do Ribatejo Interior estão a preparar Mercados das Estações, com o intuito de incentivar a população a consumir hortofrutícolas da época, agroalimentares e artesanato da região.

O Mercado da Primavera será o primeiro desta série e irá acontecer, entre as 9h e as 13h, de dia 23 de março. Hortícolas, frutícolas e as ervas aromáticas, que marcam esta época do ano, como alfaces, agriões, couves, grelos, nabos, abóboras, nabiças, tangerinas, limões, laranjas, rúculas, coentros, salsa e alecrim serão os produtos em destaque. Associam-se bancas de agroalimentares e artesanato do Ribatejo Interior, nomeadamente os que melhor se conjuguem com esta estação do ano.

Durante o pequeno certame haverá ainda uma oficina alusiva às plantas ornamentais, pelas 10h30, dada pela empresa sardoalense Plurifrutos. Transmitir alguns cuidados a ter com este tipo de plantas, espécies mais adequadas aos diferentes ambientes, fertilizantes, rega, pragas, doenças, e ainda aprender a transplantar e a manter este género de plantas serão alguns dos conteúdos a reter, nesta pequena formação destinada ao público em geral. As inscrições podem ser feitas através do site da TAGUS.

Com o Mercado da Primavera, a organização pretende dar a conhecer os ciclos das diferentes culturas agrícolas, incentivando a comunidade a consumir hortícolas da época, diretamente dos produtores para os consumidores. E, ainda, criar mais uma oportunidade de promover a comercialização de agroalimentares e o artesanato da região.

Esta iniciativa está inserida no projeto de intervenção comunitária e revitalização social e económica, Bairro ConVida, em Vale de Rãs, liderado pelo Município de Abrantes e que envolve um conjunto de parceiros, em que se inserem a TAGUS e o Núcleo de Produtores PROVE do Ribatejo Interior.

Comente este artigo

O artigo Mercado de Primavera em Abrantes foi publicado originalmente em Voz do Campo

Anterior A instalação do pomar de figueira-da-índia.
Próximo A Pedro Sánchez le preocupa más el efecto del antieuropeísmo en el mundo rural que aportar ideas para la PAC

About author

Artigos relacionados

Nacional

ACOS solidária com ovinicultores afetados pelos incêndios

A ACOS – Associação de Agricultores do Sul reativou a campanha solidária de entrega de bens alimentares para o gado, desta vez, destinados principalmente a ovinicultores afetados pelos incêndios que aconteceram a 15 de Outubro no centro do país.
Além do profundo pesar pela perda de vidas humanas, […]

Últimas

Empresários de seis países da América Latina querem investir no agronegócio em Angola

[Fonte: Observador]

Um conjunto de empresários de seis países da América Latina manifestou vontade em investir no setor agroindustrial em Angola, no quadro da criação, esta sexta-feira, em Luanda, da Câmara de Comércio e Indústria Hispano-Americano-Angolana (CCIHA).
Além de Angola, integram a nova câmara de comércio empresários da Argentina, […]

Noticias Fitofarmacêuticos

Fito-Entrevista: Os desafios à produção agrícola por Constança Matos

[Fonte: Anipla – fitoentrevista]

Constança Matos, Estudante de Enfermagem
SEPARADOS NA ATIVIDADE, UNÂNIMES NA PREOCUPAÇÃO PARA COM O FUTURO DA ATIVIDADE AGRÍCOLA.
Uma engenheira agrónoma e uma estudante universitária de enfermagem, partilham a sua visão sobre os desafios à produção agrícola na atualidade, […]