Medidas para prevenção de contaminações por Salmonella

Medidas para prevenção de contaminações por Salmonella

[Fonte: Voz do Campo]

[Fonte: Alltech]

A Salmonella é uma das quatro principais causas de doenças diarreicas que afetam por ano 550 milhões de pessoas a nível mundial, metade das quais são crianças, segundo a Organização Mundial de Saúde.

Para ajudar a evitar a propagação desta bactéria potencialmente letal, os avicultores devem atuar em 8 áreas chave:

1. Limpeza de aviários e biossegurança: limpar comedouros e bebedouros e, em geral, as instalações das aves antes da entrada de um novo lote de animais no aviário ajuda a reduzir a prevalência de Salmonella. As medidas de biossegurança e controlo de pragas também são essenciais na prevenção.


2. Ração: cereais e outras matérias-primas contaminadas aumentam o risco da presença de Salmonella nas rações. Use rações sujeitas a tratamento térmico e com elevados padrões de qualidade.


3. Gestão da água: a gestão dos bebedouros é essencial para controlar a Salmonella, pois a água é um meio através do qual esta bactéria pode propagar-se de umas aves para outras. A purificação da água com cloro e ácidos orgânicos ajuda a reduzir os níveis Salmonella nos aviários.


4. Pó: Tal como a água, o pó também é um meio propício à disseminação da Salmonella. Mantenha os níveis de pó dentro e à volta do aviário abaixo de 3 miligramas por metro cúbico.


5. Gestão de dejetos: a Salmonella sobrevive em ambientes húmidos e com pH elevado, por isso é essencial uma remoção adequada e regular do estrume e outros resíduos acumulados nas camas das aves para prevenir a contaminação.


6. Flora intestinal saudável: a saúde intestinal das aves é um fator mitigador da contaminação por Salmonella. A ingestão de probióticos, ácidos orgânicos, enzimas e leveduras ajuda ao bom funcionamento dos intestinos das aves. A Alltech dispõe de uma gama de produtos para estimular a saúde intestinal: Sel-Plex®, Bioplex®, Allzyme® ;SSF, Bio-Mos®, Yea-Sacc® e Integral® A+


7. Coccidiose: o controlo da coccidiose, uma doença intestinal que afeta as aves, deve fazer parte do programa de controlo da Salmonella.


8. Vacinação: o uso de vacinas tem o potencial de reduzir a prevalência de Salmonella em pintos com 1 dia de idade. O seu veterinário é a melhor pessoa para o aconselhar sobre este tema.


Artigo da Drª Kayla Price, Poultry Technical Manager Alltech Canadá.
Mais informação.

Comente este artigo

O artigo Medidas para prevenção de contaminações por Salmonella foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Incêndio no Pinhal de Leiria fica sem culpados
Próximo GT Estenfiliose na pera rocha

Artigos relacionados

Nacional

Tomate: BASF lança plástico biodegradável que promete melhorar produção

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]
Muitos agricultores por todo o Mundo usam filmes de polietileno acolchoado (PE) para aumentar o desempenho do tomate de indústria, […]