Madeira: projetos aprovados no PRODERAM 2020

Madeira: projetos aprovados no PRODERAM 2020

No âmbito da 57.ª Unidade de Gestão do PRODERAM 2020, no passado dia 29 de novembro de 2019, foram aprovados diversos projetos em diferentes medidas, num total de 95 candidaturas, perfazendo um total de 6.280.373,40€ de investimento elegível, correspondente a 4.833.716,07€ de apoio (4.108.658,65€ de comparticipação FEADER).

Dos diversos projetos aprovados no âmbito das diferentes medidas do PRODERAM 2020, destacamos dois pelo seu pioneirismo neste Quadro Comunitário de Apoio.
Assim, foi aprovado um projeto inovador na Região, dado ser o primeiro no âmbito da submedida 2.2. – apoio à criação de serviços de gestão agrícola, de substituição e de aconselhamento agrícola, designada de “Aconselhamento Agrícola ACOESTE”, num valor elegível de 138.470,05 €, sendo 105.453,16 € de apoio (89.635,19€ de comparticipação FEADER).

Este projeto visa o aconselhamento agrícola a cerca de 118 formandos, durante 3,5 anos, sobre as seguintes temáticas: utilização de produtos fitofarmacêuticos; criação e organização de cadernos de campo; podas, enxertias e tratamentos culturais; técnicas e culturas para adaptação às alterações climáticas; variedades locais; processo de certificação biológica; preparação, análise e correção do solo; aconselhamento agrícola geral; workshops (sanidade apícola; produção e aplicação de biofertilizantes; recursos hídricos para a agricultura regional; agricultura de precisão).

No âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária/LEADER, submedida 19.3 – preparação e realização de atividades de cooperação, foi aprovado um projeto designado de SEIC – Empreendedorismo e turismo sustentável em Áreas Protegidas e em Meio Rural, apoiado a 100%, valor elegível e de apoio 39.205,88€ (33.325,00€ de comparticipação FEADER).

O projeto visa a cooperação do Grupo de Ação Local (GAL) Adrama com outros GALs: um no território de Portugal continental, a ATAHCA, e três GALs da Europa, nos países: Letónia, Estónia e Eslovénia. A cooperação entre os três GALs da Europa de leste já vem a decorrer a algum tempo, tendo-se a ADRAMA agora associado. Tem por objetivos: promover o desenvolvimento de micro negócios e microempresas sustentáveis em meio rural, com particular destaque em territórios com áreas protegidas; estabelecer parcerias entre entidades e empreendedores locais; promover, divulgar e valorizar conjuntamente os territórios e os seus ativos endógenos; desenvolver novas ideias de produtos turísticos/serviços sustentáveis transnacionais, com relevo para o turismo sustentável em áreas protegidas, bem como, uma estratégia conjunta de marketing e desenvolver uma rede de marketing e promoção dos territórios abrangidos por esta parceria.

financiamento proderam

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Matos Fernandes pede mais ambição e resultados ao plenário da COP25
Próximo Setor do azeite está a viver dias "muito difíceis" no Douro e Trás-os-Montes. "A questão do bagaço tornou isto num verdadeiro pesadelo"

Artigos relacionados

Últimas

Estação de Avisos do Douro: é obrigatória a luta contra cigarrinha da flavescência dourada

A Estação de Avisos Agrícolas do Douro alerta que é obrigatória a luta contra a cigarrinha da flavescência dourada, o cicadelídeo Scaphoideus titanus, […]

Candidaturas e pagamentos

Operação 3.1.1 – Jovens Agricultores (8.º Anúncio) – Prorrogação do prazo de submissão

Foi prorrogado o prazo de submissão de candidaturas referentes ao Anúncio N.º 08/Ação 3.1/2019 – Jovens Agricultores, até às 17:00 horas de 3 de maio de 2019. […]

Últimas

Tendências para 2018 na distribuição de frutas e legumes apresentadas no arranque da Fruit Logistica, em Berlim

A principal feira de hortifruticultura do mundo – a Fruit Logistica – acaba de publicar o seu relatório de tendências para 2018. […]