Macfrut 2019 de 8 a 10 de Maio

Macfrut 2019 de 8 a 10 de Maio

O Rimini Expo Centre, na cidade de Rimini, Itália, acolhe, de 8 a 10 de Maio, a 36.ª edição da Macfrut, certame internacional dedicado ao sector hortofrutícola. Organizado pela Cesena Fiera, conta com um espaço de exposição, eventos paralelos, um programa de compradores internacionais convidados e algumas novidades.

Uma das novidades é o espaço “Greenhouse Technology Village”, que albergará expositores das áreas de tecnologias, materiais e meios técnicos, sementeira e viveirista. Segundo a organização, este projecto poderá vir a ter continuidade para lá da Macfrut, através da instalação de um centro demonstrativo permanente de cultivo em estufa.

Um dos eventos paralelos é o “Congresso de Fruta Tropical”, cuja segunda edição decorre nos dias 8 e 9. O primeiro dia vai dar uma visão panorâmica sobre toda a fruta tropical – com um foco especial na papaia, na lima e no maracujá –, enquanto o segundo dia terá como protagonista o abacaxi. No dia 10, terá lugar um workshop técnico para profissionais de maturação e processamento da fruta tropical.

No dia 10, realiza-se a primeira edição do congresso internacional dedicado à uva de mesa, designado “Table Grape Meeting”, que visa avaliar a situação actual deste «sector com grande potencial. O evento será composto por duas sessões: na primeira, elementos da fileira italiana da uva de mesa vão falar de inovação varietal; na segunda, irá decorrer uma mesa-redonda com oradores internacionais de países ligados à produção e importação de uva de mesa.

A propósito deste congresso, a organização da Macfrut explica que a Itália tem uma área de produção de uva de mesa de 47.000 hectares e produz cerca de um milhão de toneladas desta fruta. Este volume tona a Itália o principal produtor de uva de mesa na Europa, seguida pela Grécia e por Espanha.

Notícias relacionadas

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Nortada lança cerveja aromatizada com flores de cânhamo
Próximo Observatório considera planos florestais uma "oportunidade perdida"

Artigos relacionados

Últimas

UE aprova substância activa Rinskor Active, da Corteva Agriscience

A substância activa Rinskor Active (florpirauxifen-benzilo), da Corteva Agriscience, recebeu a aprovação da União Europeia, com entrada em vigor a 24 de Julho de 2019. […]

Últimas

2ª Conferência “A Agricultura Num Mundo em Mudança”

A Confederação dos Agricultores de Portugal volta a organizar a Conferência “A Agricultura num Mundo em Mudança”, a qual terá lugar no Hotel Tryp Lisboa – […]

Nacional

Associação das vítimas de Pedrógão critica programa do Governo para o interior: “Atrai-se as pessoas e depois elas vivem de quê?”

A presidente da Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) está muito cética em relação à linha de financiamento que o Governo vai criar para apoiar quem quiser ir viver para o interior do País. […]