Ligação da Barragem de Vale do Gaio ao Alqueva é insuficiente para resolver o problema da seca no concelho

Ligação da Barragem de Vale do Gaio ao Alqueva é insuficiente para resolver o problema da seca no concelho

[Fonte: CM Alcácer do Sal]

Na sequência do problema de seca que afeta o município, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal vem esclarecer o seguinte:

  • A Bacia Hidrográfica do Sado tem vindo a enfrentar uma situação de seca, que ameaça a atividade económica da região, em particular os agricultores, empresários e trabalhadores ligados ao setor do arroz. Essa situação, infelizmente, não são se alterou nos últimos dias. Da mesma forma, a Câmara Municipal de Alcácer reitera a sua preocupação pela falta de respostas adequadas para enfrentar a seca registada na bacia hidrográfica do Sado.
  • A Câmara Municipal de Alcácer do Sal confirma que a ligação da barragem de Vale do Gaio ao Alqueva foi efetivamente concretizada na sexta-feira passada, depois de quase dois anos de insistência do município e associações de produtores de arroz. A Câmara Municipal de Alcácer do Sal lamenta que o Ministro da Agricultura esteja mais interessado em criticar a Câmara Municipal de Alcácer do Sal, conhecedor que é da luta empenhada que o município tem travado.
  • A ligação entre Vale do Gaio e o Alqueva permite trazer a esta barragem 2 milhões de m3 de água, um valor manifestamente insuficiente para suprimir as necessidades de água da região, uma vez que a capacidade total desta barragem é de 60 milhões de m3, estando neste momento esta infraestrutura com 50% da sua capacidade. A Câmara Municipal de Alcácer do Sal insiste com o Ministro da Agricultura na urgência da ligação da barragem do Alqueva ao Pego do Altar, que não está executada e que representa uma alternativa numa barragem que tem uma capacidade de 90m3 e que abastece a maioria dos produtores de arroz.
  • A Câmara Municipal de Alcácer do Sal está disponível, como sempre esteve, para dialogar e trabalhar de perto com o Governo e todas as entidades competentes para encontrar as melhores soluções para resolver os problemas que afetam todos aqueles que vivem, investem ou trabalham no município e na região do Vale do Sado.
Comente este artigo
Anterior GNR deteve 20 pessoas e identificou outras 114 pelo crime de incêndio florestal
Próximo França quer alargar cooperação com Angola no domínio da agricultura

Artigos relacionados

Sugeridas

Setor da pecuária repudia restrições nas ementas das escolas

Várias associações representativas do setor da pecuária uniram-se num manifesto contra o novo despacho que regula a alimentação nas escolas, repudiando que produtos como […]

Últimas

Comissão Vitivinícola do Algarve dá um novo impulso aos produtores de Vinhos do Algarve, em resposta aos desafios da pandemia

Com os desenvolvimentos da epidemia do COVID-19, e como medida de precaução e defesa de saúde dos participantes, a Comissão Vitivinícola do […]

Dossiers

Setor agrícola português melhorou saldo da balança comercial em 2020

As exportações dos produtos agrícolas e agroalimentares aumentaram 5,8%  em 2020 face ao ano anterior (uma evolução inversa à redução de 10,2% […]