Junho muito seco em Portugal continental

Junho muito seco em Portugal continental

O mês de junho classificou-se como muito seco com um valor médio da quantidade de precipitação muito inferior ao normal, apenas 27 % do valor médio. Na generalidade das estações meteorológicas os valores de precipitação foram muito inferiores ao normal em quase todo o território, exceto no Algarve e em particular na região de Faro onde foram superiores

Desta forma verificou-se uma diminuição significativa dos valores de percentagem de água no solo em todo o território (Figura 1 esq.) e um aumento da área em seca meteorológica (Figura 1 dir.). As regiões do interior Norte-Centro e a região de Lisboa e Vale do Tejo estão na classe de seca fraca e a região Sul encontra-se nas classes de seca fraca e seca moderada.

Em relação à temperatura do ar o mês de junho foi normal com um valor médio da temperatura média do ar muito próximo do valor médio 1971-2000 (-0.01 °C).
O valor médio da temperatura mínima do ar foi inferior ao valor normal com uma anomalia de -0.62 °C, sendo o 3º valor mais baixo desde 2000; o valor médio da temperatura máxima do ar foi 0.59 °C superior ao valor normal 1971-2000.

Até dia 19 os valores de temperatura do ar foram quase sempre inferiores ao valor médio mensal, a partir do dia 20 verificou-se uma subida da temperatura do ar, em particular da temperatura máxima, sendo de destacar os dias 22, 23, 29 e 30 com um valor médio de temperatura máxima no território superior a 30 °C.

Imagens associadas

Resumo Climatológico de junho de 2020

O artigo foi publicado originalmente em IPMA.

Veja a previsão do tempo e a melhor altura para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta.

Comente este artigo
Anterior Uma reflexão sobre o toiro bravo - Joaquim Grave
Próximo Barragens a sul com nível abaixo da média

Artigos relacionados

Notícias florestas

Saiba Mais: Incêndios Rurais – Florestas.pt

Não faz sentido “acabar com o fogo”. O fogo esteve e estará sempre presente nos ecossistemas com clima mediterrânico temperado (com período seco no verão), tal como o que existe em Portugal […]

Últimas

“Ainda não há nenhuma cultura anual que consiga competir em escala com o milho”

A Conqueiros Invest é uma exploração agropecuária familiar com vários pólos no Alentejo, mas familiar só mesmo pelo facto de estar na mesma família há […]

Últimas

Quem quer aprender a ser pastor?

A Escola de Pastores teve mais de 120 inscritos, 40 candidatos foram selecionados mas apenas 29 compõem agora as duas turmas que na semana passada arrancaram nas escolas superiores agrárias de Viseu e Castelo Branco. […]