Junho: Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça faz questionário anual a investigadores

Junho: Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça faz questionário anual a investigadores

O inquérito dedicado à Investigação e Desenvolvimento realizados nas temáticas do sobreiro, montado e cortiça a nível nacional e/ou através de projectos internacionais, irá decorrer durante o mês de Junho.Uma iniciativa dinamizada anualmente no âmbito da Subernet – Rede de Investigadores Suberícolas.

Desta forma, o CCSC – Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça pretende dar seguimento a um dos seus objectivos principais: garantir que os resultados da investigação são descodificados e divulgados aos utilizadores finais.

Ecologia e Fisiologia dominaram inquérito de 2019

No balanço do ano 2019, de acordo com as respostas recebidas foram publicados 37 artigos, distribuídos por 15 temáticas, onde a Ecologia e a Fisiologia foram as dominantes. Actualmente estão a decorrer 8 grupos operacionais relacionados com o montado de sobro e 17 projectos de I&D, onde as Alterações Climáticas são a temática principal (39% dos projectos).

A informação recolhida, estará disponível online, acessível a todos no Centro de Documentação Digital do Sobreiro e da Cortiça, aqui.

O registo na Subernet pode ser realizado aqui, tanto para investigadores como para técnicos e produtores florestais.

Para maus informações contacte o Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça através do emeial [email protected].

Centro de Competências

O CCSC – Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça foi constituído a 29 de Julho de 2014, contando actualmente com 27 membros entre investigadores, industriais e organizações de produtores florestais. Entre os objectivos da sua constituição salienta-se a elaboração da Agenda 3i9 – Agenda Portuguesa de Investigação e Inovação no Sobreiro e na Cortiça, cuja apresentação pública decorreu em Novembro de 2015 em Lisboa, e orientou as prioridades estratégicas de investimento dos projectos aprovados na medida PDR 2020 -1.1 – Grupos Operacionais.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior IFAP: Pagamentos maio 2020
Próximo Covid-19: Especialistas em Engenharia Alimentar elaboram guia de boas práticas alimentares

Artigos relacionados

Sugeridas

PSA: FPAS apela aos operadores da indústria e distribuição

Face à recente dinâmica identificada no trânsito intracomunitário decorrente de circunstâncias de mercado causadas pelo surgimento da PSA na Alemanha, a FPAS tem revelado junto das […]

Nacional

Seis áreas críticas da “reforma florestal”

[Fonte: Público]
A política para os eucaliptos e o reforço dos poderes das autarquias são os principais focos de tensão de uma reforma que envolve 12 diplomas legais. […]

Dossiers

Fruta Feia celebra 5.º aniversário e evita mais de 1.300 toneladas de desperdício

São já 187 os produtores/agricultores de todo o género de fruta e legumes que fornecem a Fruta Feia, um projeto que nasceu da necessidade de inverter as tendências de normalização de frutas e legumes, […]