IX Congresso da APDEA sobre a agricultura e os desafios societais

IX Congresso da APDEA sobre a agricultura e os desafios societais

A conferência internacional e multidisciplinar, sob o assunto “Agricultura e os desafios societais para o período 20-30” decorrerá em Lisboa e Oeiras, entre 15 e 18 de outubro de 2019.

O IX Congresso da APDEA vai ser realizado pela APDEA (Associação Portuguesa de Economia Agrícola), o GPP (Escritório de Planejamento e Política) e o INIAV (Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica e Veterinária).

Este evento reunirá o IX Congresso da APDEA e o III Encontro Lusófono de Economia, Sociologia, Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural (ESADR 2019) e contará com o apoio da SOBER (Sociedade Brasileira de Economia,
Gestão e Sociologia Rural).

A APDEA convida à participação neste evento através da apresentação de resumos em diversos campos e tópicos diferentes, estendendo assim o debate que será importante no presente e no futuro da agricultura.

Mais informação.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Supermercados Continente apostam na Pêra Rocha nacional certificada
Próximo Seminário “Novas habilidades para agricultura digital”

Artigos relacionados

Nacional

Mais de 150 meios humanos da Direção Regional dos Recursos Florestais estão no terreno a desobstruir caminhos

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direção Regional dos Recursos Florestais, tem mais de 150 meios humanos e um número superior a uma centena de viaturas e equipamentos no terreno, […]

Últimas

Número de espécies de aves perdidas da Nova Zelândia levaria 50 milhões de anos a recuperar

O kaká, uma das espécies endémicas da Nova Zelândia em risco crítico de extinção

Até conhecer a presença humana, a Nova Zelândia tinha cerca de 70 espécies de aves terrestres. […]

Últimas

Invasoras ameaçam produção agrícola na América Latina

A América Latina possui 57 milhões de hectares
cultivados com soja, milho e trigo, entre outras grandes culturas, sendo
apontada pela FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e
Alimentação) como celeiro do mundo. […]