Investimento de 534.600€ na Mata do Ramiscal e na Mata do Mezio no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Investimento de 534.600€ na Mata do Ramiscal e na Mata do Mezio no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Através de uma operação de reprogramação de uma candidatura financiada pelo POSEUR, o ICNF irá investir 534.600€ na Mata do Ramiscal e na Mata do Mezio em ações de plantação de espécies autóctones, gestão de combustíveis, proteção das áreas plantadas, aproveitamento da regeneração natural, plantação de bosquetes e reprodução em Viveiro Florestal de espécies autóctones com incidência no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

Com este investimento pretende-se dar continuidade às intervenções já realizadas pelo ICNF e promover a reprodução ex-situ de espécies da flora vascular endémica do PNPG de forma a operacionalizar as indicações de gestão destas espécies prescritas na Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental e a melhorar o estado de conservação de Habitats Naturais. De entre as espécies que se pretendem reproduzir em viveiro, no âmbito do presente projeto, conta-se o Azevinho (Ilex aquifolium), a Sorveira Branca (Sorbus aria) e as populações endémicas do Gerês de Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris).

As linhas mestras deste projeto vão assentar no restauro da área florestal ardida com utilização essencialmente de espécies autóctones para constituição de uma floresta natural, mista, onde predominarão as espécies folhosas autóctones. Também se tem especial atenção à renaturalização de zonas florestais degradadas e à proteção e salvaguarda das plantações e da regeneração natural, com recurso a vedações promovendo um melhor ordenamento do pastoreio.

A recuperação dos habitats naturais, de modo a acelerar o seu restabelecimento e preparação do terreno para futuras plantações em bosquetes, conjugada com a proteção e salvaguarda destes habitats é essencial para que a reprodução em viveiro (ex-situ) de espécies que pela sua raridade, elevado risco de extinção, relevância ecológica e conservacionista justifiquem tal opção, possa ter sucesso.

Trata-se pois de mais um investimento estruturante para o Parque Nacional da Peneda-Gerês e que se enquadra nos vários projetos que se têm vindo a desenvolver neste território ao longo dos últimos anos. Só através deste esforço continuado e sistemático é que se assegura a sustentabilidade dos extraordinários sistemas naturais do nosso único Parque Nacional.

Comente este artigo
Anterior Live: Waste2Value – Casos de Sucesso de um Grupo Operacional PDR2020
Próximo Impactwave lança No Mercado, um mercado online para pequenos negócios

Artigos relacionados

Últimas

CNA participa no amplo movimento social que contesta como está a ser organizada a Cimeira das Nações Unidas sobre Sistemas Alimentares

A CNA – Confederação Nacional de Agricultura integra o conjunto de 550 movimentos sociais e organizações da sociedade civil de todo o mundo que enviaram uma carta ao Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, […]

Dossiers

Avisos Agrícolas 03/11/2020: Vinha, Kiwi, Maceira, Nespereira, Citrinos, Batateira e Tomateiro

O Serviço de Avisos Agrícolas é um serviço nacional do Ministério da Agricultura que tem por finalidade emitir avisos agrícolas. […]

Últimas

Governo dos Açores destaca importância das medidas de apoio ao setor do vinho para responder aos desafios da pandemia

“Quanto ao apoio extraordinário ao armazenamento de vinho certificado, já recebemos 21 candidaturas, que correspondem a nove empresas ligadas à produção de vinho, […]