Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) regista “Vinagre de Vinho do Porto” como Marca Coletiva de Certificação

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) regista “Vinagre de Vinho do Porto” como Marca Coletiva de Certificação

Comerciantes e produtores-engarrafadores de Vinho do Porto poderão comercializar e produzir vinagre a partir de Vinho do Porto certificado.

O IVDP efetuou o registo da marca coletiva “Vinagre de Vinho do Porto”, tendo em conta o potencial qualitativo do vinagre elaborado exclusivamente a partir de Vinho do Porto. Estando já finalizado o processo, todos os comerciantes e produtores engarrafadores de Vinho do Porto, que pretendam comercializar “Vinagre de Vinho do Porto”, podem candidatar-se a produzi-lo, devendo começar por estabelecer um protocolo com o IVDP.

Depois de vários meses de estudos, pesquisas de mercado e avaliação da metodologia a seguir, foi decidido, pelo IVDP, efetuar o registo da marca coletiva “Vinagre de Vinho do Porto”. O seu uso está sujeito às regras constantes do regulamento exigido pelo Código da Propriedade Industrial cujo cumprimento integral é condição essencial para a produção e comercialização do “Vinagre de Vinho do Porto”. A prévia certificação do Vinho do Porto, a análise quantitativa e qualitativa do vinagre produzido e a aprovação dos rótulos pelo IVDP, como organismo certificador, são exemplos das regras a seguir.

“O “Vinagre de Vinho do Porto” surge do interesse do setor, que aprovou a medida por unanimidade, em apresentar um produto premium proveniente do Vinho do Porto. A experimentação já desenvolvida e a procura de novos produtos de elevada qualidade, que possam acrescentar valor ao setor vitivinícola, fazem parte do posicionamento do IVDP que salvaguarda sempre a imagem de prestígio internacional de que beneficia a Denominação de Origem Protegida Porto.” Manuel Cabral, Presidente do IVDP.

 

Comente este artigo
Anterior Crédito Agrícola Promove Passatempo com a MasterCard
Próximo Oferta de Emprego: Gestor Obra Espaços Verdes - Portugal

Artigos relacionados

Últimas

Armazenamento na bacia do Sado abaixo dos 30%

[Fonte: Diário do Alentejo] A quantidade de água armazenada desceu em setembro em todas as bacias hidrográficas, tal como já tinha sucedido em agosto, […]

Comunicados

ADACO: Obras hidroagrícolas – Central Termo-electrica

Obras hidroagrícolas – Central Termo-electrica
Obras no Vale do Pranto
Governo tem que assumir a sua execução
Central termo-elétrica de lares
Que impacto na produção de arroz
Em 2018 assistimos ao anúncio com pompa e circunstância do Governo, […]

Comunicados

THE IRISH CATTLE AND SHEEP FARMERS’ ASSOCIATION, NEW ACTIVE CONTRIBUTOR TO FARM EUROPE

[Fonte: Farm Europe]
Posted on 20/12/201620/12/2016

Farm Europe welcome ICSA as a new member and active contributor. […]