Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) regista “Vinagre de Vinho do Porto” como Marca Coletiva de Certificação

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) regista “Vinagre de Vinho do Porto” como Marca Coletiva de Certificação

Comerciantes e produtores-engarrafadores de Vinho do Porto poderão comercializar e produzir vinagre a partir de Vinho do Porto certificado.

O IVDP efetuou o registo da marca coletiva “Vinagre de Vinho do Porto”, tendo em conta o potencial qualitativo do vinagre elaborado exclusivamente a partir de Vinho do Porto. Estando já finalizado o processo, todos os comerciantes e produtores engarrafadores de Vinho do Porto, que pretendam comercializar “Vinagre de Vinho do Porto”, podem candidatar-se a produzi-lo, devendo começar por estabelecer um protocolo com o IVDP.

Depois de vários meses de estudos, pesquisas de mercado e avaliação da metodologia a seguir, foi decidido, pelo IVDP, efetuar o registo da marca coletiva “Vinagre de Vinho do Porto”. O seu uso está sujeito às regras constantes do regulamento exigido pelo Código da Propriedade Industrial cujo cumprimento integral é condição essencial para a produção e comercialização do “Vinagre de Vinho do Porto”. A prévia certificação do Vinho do Porto, a análise quantitativa e qualitativa do vinagre produzido e a aprovação dos rótulos pelo IVDP, como organismo certificador, são exemplos das regras a seguir.

“O “Vinagre de Vinho do Porto” surge do interesse do setor, que aprovou a medida por unanimidade, em apresentar um produto premium proveniente do Vinho do Porto. A experimentação já desenvolvida e a procura de novos produtos de elevada qualidade, que possam acrescentar valor ao setor vitivinícola, fazem parte do posicionamento do IVDP que salvaguarda sempre a imagem de prestígio internacional de que beneficia a Denominação de Origem Protegida Porto.” Manuel Cabral, Presidente do IVDP.

 

Comente este artigo
Anterior Crédito Agrícola Promove Passatempo com a MasterCard
Próximo Oferta de Emprego: Gestor Obra Espaços Verdes - Portugal

Artigos relacionados

Sugeridas

CONFAGRI defende a manutenção do Ministério da Agricultura e da Comissão de Agricultura

Superado o período eleitoral, a CONFAGRI, em defesa dos interesses do setor agrícola […]

Sugeridas

Nova data da Agroglobal – Setembro 2021

Uma grande Agroglobal estava lançada para 2020. Pelos motivos conhecidos não foi possível realizá-la nos moldes habituais e foi adiada para Julho de 2021, perante uma perspetiva otimista da evolução da crise pandémica. […]

Últimas

PDR2020: Beneficiários afetados pelos efeitos da pandemia podem dar por concluídos os projetos de investimento contratados

Dado o contexto excecional que atravessamos, e no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR2020), foi, hoje, publicada a portaria […]