InovTechAgro promove debate sobre importância da agricultura de precisão

InovTechAgro promove debate sobre importância da agricultura de precisão

O Centro Nacional de Competências para a Inovação Tecnológica do Sector Agroflorestal (InovTechAgro) promoveu esta quarta-feira, dia 16 de dezembro, o seu primeiro Webinar com o mote “O que pode a Agricultura de Precisão fazer por nós, como começar?”, abrangendo o tema da agricultura de precisão, um sessão que foi acompanhada por mais de 300 participantes.

Luís Alcino Conceição, docente do Instituto Politécnico de Portalegre, deu as boas-vindas e fez a apresentação do InovTechAgro, que abrange de uma forma transversal a componente de inovação ao setor agroflorestal. Referiu o docente que esta primeira sessão teve o objetivo de “ser um exercício prático de digitalização, tema acompanha o que está definido para a futura PAC 2020-30, nomeadamente a transição digital e digitalização, e que será uma das chaves da presidência portuguesa da União Europeia, já no dia 1 de janeiro de 2021.”

Seguiu-se a intervenção de Nuno Canada, Presidente do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), que, em traços gerais, falou nos desafios e dificuldades da produção de alimentos no contexto do Pacto Ecológico Europeu, afirmando que “este tipo de arranjos colaborativos que junta produtores de conhecimento e tecnologias com os utilizadores deste conhecimento e tecnologia são muito importantes para alinhar a capacidade instalada com o que está a ser feito para as várias fileiras”.

A condução e moderação do debate esteve a cargo de Maria Custódia Correia, da Rede Rural Nacional, que fez a apresentação dos oradores convidados para esta sessão. Após as respetivas comunicações houve ainda tempo para uma sessão de perguntas e respostas.

O InovTechAgro visa a promoção de um setor mais inteligente, seguro, moderno e sustentável, reforçando as medidas de proteção ambiental e luta contra as alterações climáticas, tão importantes no seio da Política Agrícola Comum no período pós 2020. Fazem parte do Centro de Competências 65 entidades representantes de organizações de agricultores, centros de ensino e investigação, entidades privadas, administração pública e empresarial do Estado, provenientes do Continente e Ilhas.

As apresentações encontram-se disponíveis para consulta:

Live: InovTechAgro – O que é a Agricultura de Precisão pode fazer por nós?

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Transição da presidência do Conselho Europeu em curso
Próximo Maior Plantação Europeia de Canábis Medicinal Fica no Alentejo

Artigos relacionados

Últimas

Incêndios: Liga surpreendida por estratégia do Governo não contemplar bombeiros

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) manifestou-se hoje surpreendida por o Programa de Recuperação e Resiliência […]

Últimas

Água nas barragens dá para abastecer região até final do ano – Águas do Algarve

A água armazenada nas barragens algarvias é suficiente para o consumo humano na região até ao final do ano e não há […]

Nacional

Estudo de viabilidade do ‘Projeto Tejo’ vai avançar

Um ano depois da sua apresentação pública, o ‘Projeto Tejo – Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Tejo e Oeste’ vai começar a ser estudado pelo Executivo que quer avaliar a sua viabilidade técnica e financeira, […]