Iniciado o programa experimental de luta biológica contra a Trioza erytreae

Iniciado o programa experimental de luta biológica contra a Trioza erytreae

O Ministério da Agricultura, através da Autoridade Fitossanitária Nacional, iniciou o programa experimental de luta biológica contra a praga de quarentena Trioza erytreae, com largadas experimentais de um inseto parasitóide específico.

Trioza erytreae, além de provocar estragos diretos consideráveis nos citrinos, é vetor da doença,  considerada como a mais grave a nível mundial para estas espécies vegetais, denominada Huanglongbing (ou Citrus greening) causada pela bactéria Candidatus liberibacter, ainda não presente no território europeu, mas que se pretende evitar a sua entrada.

A largada experimental, do parasitoide Tamarixia dryi, foi realizada no passado mês de outubro, em 4 locais na região centro do País e 3 locais na região oeste, numa estreita colaboração entre a Direção Geral de Alimentação e Veterinária e a Dirección General de Sanidad de la Producción Agraria, o Instituto Superior de Agronomia, o Instituto Instituto Canario de Investigaciones Agrarias e o Instituto Valenciano de Investigaciones Agrarias.

A largada experimental, acompanhada também pelas Direções Regionais de Agricultura e Pescas de Centro e de Lisboa e Vale do Tejo, envolveu a libertação de cerca de 1800 insetos, após a realização de uma análise prévia de risco e depois de obtida uma autorização de experimentação no contexto da legislação específica das espécies exóticas.

Os resultados já obtidos em outras regiões, nomeadamente nas Ilhas Canárias, indicam excelentes taxas de parasitismo que estão a conduzir ao bom controlo da Trioza erytreae. Programa similar foi iniciado também, em outubro último, na Galiza.

Os locais onde foram agora realizadas a solta dos insetos, em território nacional e também na Galiza, estão a ser monitorizados esperando-se vir obter os primeiros resultados na próxima primavera.

Comente este artigo
Anterior Previsão do tempo - fim de semana (30 Nov-01 Dez)
Próximo Novo Comissário da Agricultura estabelece compromissos

Artigos relacionados

Últimas

Covid-19: Chaves abre mercado para produtores agrícolas locais escoarem produção

Quer o mercado municipal quer a feira semanal que se realiza na cidade às quartas-feiras estão suspensos desde 11 de Março. […]

Dossiers

Live-stream: A agricultura e o desenvolvimento rural em debate na OERN

A primeira conferência dedicada à Engenharia Agronómica, Alimentar e Zootécnica organizada pelo Colégio de Engenharia Agronómica da […]

Nacional

Estação de Avisos do Norte Transmontano alerta para oídio, míldio e flavescência dourada da vinha

A Estação de Avisos Agrícolas do Norte Transmontano publicou a sua Circular de Avisos nº 12 ( 2019), dedicada à vinha. E alerta para possíveis problemas com o oídio, […]