INIAV visita Smart Farm e reforça importância das boas práticas agrícolas

INIAV visita Smart Farm e reforça importância das boas práticas agrícolas

Encontro deu o mote para demonstrações sobre o uso seguro e sustentável de produtos fitofarmacêuticos

A Smart Farm, espaço de demonstração da implementação de boas práticas agrícolas, recebeu, na passada quinta-feira, dia 6 de fevereiro, a visita do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV)com um programa totalmente dedicado à demonstração do uso seguro e sustentável de produtos fitofarmacêuticos. O momento foi de reflexão e partilha de importantes mensagens, num ano dedicado ao tema da Sanidade Vegetal.

A visita do INIAV às instalações da quinta inteligente da ANIPLA, integrada no plano de visitas anuais com parceiros, procurou sensibilizar para a importância da utilização sustentável de produtos fitofarmacêuticos, como ferramenta de proteção e promoção da biodiversidade, numa altura em que, mais do que nunca, importa proteger as plantas, os alimentos, a vida.

Avisita, que decorreu durante a manhã da última quinta-feira, esteve dividida em vários momentos, de entre os quais se destacam as demonstrações feitas in loco, que pretendem espelhar a importância e segurança na utilização destes produtos: os sistemas de gestão de efluentes fitossanitários, a preparação da calda por sistemas de transferência fechados, a prevenção das perdas de calda por fontes difusas e o armazenamento seguro de produtos fitofarmacêuticos.

Além da componente prática, primordial no esclarecimento e formação sobre a utilização de produtos fitofarmacêuticos na agricultura, houve ainda espaço para uma introdução aos projetos desenvolvidos pela ANIPLA, com o objectivo de partilhar a visão da indústria para aquela que deve ser uma agricultura sustentável.

A visita terminou com um momento de discussão sobre o papel do uso de fitofármacos no modo de produção integrada e sobre as principais estratégias a adotar para a promoção da biodiversidade na atividade agrícola. Mensagens que marcarão e ditarão a agenda do sector ao longo de todo este ano.

Comente este artigo
Anterior Marcelo: Álvaro Barreto ajudou a “desbravar” a “modernização do país”
Próximo TAGUS abriu candidaturas para apoiar investimentos em explorações agrícolas

Artigos relacionados

Últimas

Launch of calls for proposals to promote European agri-food products at home and abroad

Today, the European Commission launched the calls for proposals for European agri-food promotion programmes, in the EU and abroad. This year, a special focus is put on promoting products and farming methods that […]

Nacional

Valter Braga: Açores empenhado e a trabalhar pelo reforço do POSEI na próxima PAC

O Director Regional do Desenvolvimento Rural afirmou, em Santa Maria, que o Governo dos Açores está empenhado e a trabalhar pelo reforço da dotação do programa POSEI, […]

Nacional

Inventário florestal continua por fazer

[Fonte: Expresso]

Planeia-se a floresta com base em dados de 2010. Chuva primaveril ditará dimensão dos próximos fogos

Portugal continua sem conhecer a floresta que tem. […]