Incubadora de Base Rural de Guimarães abre candidaturas a partir de 13 de Dezembro

Incubadora de Base Rural de Guimarães abre candidaturas a partir de 13 de Dezembro

A Incubadora de Base Rural de Guimarães (IBR Guimarães) abre candidaturas a partir de 13 de dezembro para todos os empreendedores que desejem desenvolver a sua ideia ou plano de negócio de base rural no concelho. Com este projeto, a Câmara Municipal de Guimarães assume o seu desejo de facilitar as melhores condições para que empreendedores dinâmicos e proativos possam colocar todo o seu esforço e dedicação na criação do seu próprio negócio e, ao mesmo tempo, fomentarem o bom uso do solo e o desenvolvimento económico no concelho.

Em dezembro, são várias as sessões públicas de esclarecimento sobre os serviços prestados pela IBR Guimarães. As sessões, de participação livre e gratuita, estão programadas para as seguintes datas, locais e horários: 6 dezembro – Museu Agrícola de Fermentões (21h30); 7 dezembro – Biblioteca Municipal Raul Brandão (10h00 / 11h30 / 14h00 / 15h30); 12 dezembro – Espaço Arte e Cultura, Ronfe, na antiga escola (19h00); 14 dezembro – Biblioteca Municipal Raul Brandão (10h00 / 11h30 / 14h00 / 15h30); 14 dezembro – Salão da Junta de Freguesia de Sande São Lourenço (19h00); 15 dezembro – Auditório da Cooperativa Agrícola Concelhia de Guimarães (10h30).

A Oficina do Empreendedor é a primeira de três etapas de incubação oferecidas pela IBR Guimarães, que visa dotar os empreendedores de conhecimentos que lhes permitam criar e operacionalizar um plano de negócio de base rural. Destina-se, por isso, a toda e qualquer pessoa que sinta vontade e determinação em lançar-se como empresário/a no ramo agrícola, pecuário, florestal, agroindustrial, serviços conexos e tecnologia aplicada aos setores referidos, que encontra agora, no Município de Guimarães, um parceiro privilegiado. 

A Oficina do Empreendedor tem a duração de uma semana e está isenta de custos para o candidato. Nesta semana intensiva, os selecionados terão acesso gratuito a um programa de imersão no empreendedorismo de base rural, composto por formação em sala, sessões teórico-práticas e visitas de estudo aos melhores casos de sucesso nesta matéria. Os interessados deverão submeter a sua candidatura de acordo com o exposto no Aviso de abertura que poderá ser consultado em <http://www.cm-guimaraes.pt/pages/1267> ou <http://www.labpaisagem.pt/ibr>. Mais informações podem ser obtidas nas sessões públicas de esclarecimento e solicitadas por e-mail para o endereço <ibr@cm-guimaraes.pt> ou por telefone, através do número 253 421 218.

A IBR Guimarães foi criada em julho de 2017 com o intuito de apoiar jovens (mas não só) que pretendam abraçar a agricultura, a indústria artesanal (compotas, enchidos, pão artesanal, etc.), os serviços ligados à produção agrícola, a internet das coisas (IOT), entre outras atividades. De igual modo, capacita agricultores ou empresários agrícolas que pretendam diversificar a sua atividade, proprietários de imóveis com potencial para o Turismo em espaço rural, trabalhadores por conta d’outrem que desejem aprofundar o seu conhecimento para o desenvolvimento de negócios, entre muitos outros.

Comente este artigo
Anterior Los agricultores de Castilla La Mancha cobrarán el día de la Lotería el 30 % restante de la PAC
Próximo Aldina Fernandes eleita Vogal de Direcção da CASES

Artigos relacionados

Últimas

Incêndios: Definidas regras de atribuição de indemnizações às vítimas

[Fonte: Jornal económico]

Foi em resolução do Conselho de Ministros de 21 de outubro que foi criado o mecanismo extrajudicial para atribuir “indemnizações aos familiares, herdeiros e demais titulares do direito de indemnização por morte das vítimas” dos incêndios florestais de junho e outubro deste ano. […]

Nacional

Descargas poluentes em canais de Mira afectam agricultura, turismo e chegam à ria de Aveiro

[Fonte: Público]

As descargas poluentes em vários pontos do concelho de Mira, no litoral Norte do distrito de Coimbra, estão a pôr em causa a agricultura, o turismo e a produção de bivalves. Empresários da região lamentam que as descargas de efluentes sem qualquer tratamento na Vala Real ocorram há […]

Últimas

Governo quer abrir ciclo com novos paradigmas para a gestão dos espaços florestais

[Fonte: Agricultura e Mar]
O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres, afirmou que o Governo tem o objectivo de abrir um novo ciclo de acção e induzir “novos paradigmas para a gestão dos espaços florestais” com as iniciativas enquadradas na reforma florestal. […]