Incêndios: Ministro anuncia que apoio a agricultores afetados pelo fogo de sábado será semelhante ao de Pedrógão Grande

Incêndios: Ministro anuncia que apoio a agricultores afetados pelo fogo de sábado será semelhante ao de Pedrógão Grande

O sistema de apoio aos agricultores afetados pelos incêndios que atingiram Vila de Rei, Sertã e Mação será semelhante ao utilizado em Pedrógão Grande em 2017, anunciou hoje o ministro da Agricultura.

Para além da ajuda de emergência à alimentação animal, o Ministério da Agricultura vai também dar apoios financeiros a todos os agricultores afetados pelos incêndios que deflagraram no sábado na região e que afetaram os concelhos de Vila de Rei e Sertã, no distrito de Castelo Branco, e de Mação, no distrito de Santarém.

Segundo Luís Capoulas Santos, foi acordado na reunião com os autarcas realizada hoje de manhã que “haverá um sistema de apoio que será semelhante” ao utilizado aquando dos grandes incêndios de 2017.

“Serão apoiados todos os prejuízos agrícolas: tratores, máquinas, equipamentos, culturas permanentes como vinhas, olivais ou pomares, animais, estábulos e armazéns”, acrescentou o ministro, que falava aos jornalistas após uma visita ao local de distribuição de alimentação para animais que ficaram sem pasto devido ao fogo, situado na Zona Industrial do Carrascal, concelho de Vila de Rei.

Luís Capoulas Santos referiu que os apoios serão pagos a 100% até 5 mil euros de prejuízo, 80% entre 5 mil e 50 mil euros, e 50% entre 50 mil e 800 mil euros de danos provocados pelos fogos.

“Das informações que já chegaram do primeiro levantamento, excetuando três ou quatro casos com montantes mais elevados, a generalidade dos prejuízos por exploração será de montante relativamente baixo”, disse.

Na perspetiva do ministro da Agricultura, os prejuízos por agricultor deverão estar próximos dos valores do incêndio de Monchique, em 2018, “em que a ajuda média rondou os três mil euros” por produtor.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Anterior 400 agricultores afetados pelos incêndios de Mação, Vila de Rei e Sertã
Próximo Trezentos a 400 agricultores afetados pelos incêndios em Mação, Vila de Rei e Sertã

Artigos relacionados

Nacional

​“Hora dramática” na agricultura. Ajuda de 60 milhões “é um paliativo”

Os agricultores consideram que as linhas de crédito lançadas pelo Governo são um paliativo e não uma solução para atenuar os efeitos da Covid-19 no […]

Últimas

Obrigado Agricultores!

Por estes dias, os. Agricultores Portugueses continuam a trabalhar. Em permanência, para assegurar alimentos a toda a população.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_4 span,#wpdevar_comment_4 iframe{width:100% !important;} […]

Últimas

Informal Agri-Fisheries Council: MAINTAIN THE FOOD SUPPLY & LABOUR FORCE

Although the Council of March 23 was cancelled due to the COVID-19 pandemic, the agriculture ministers of the 27 nevertheless met for a video conference on March 25, […]