Incêndios: Marcelo destaca papel de MAI em matéria de prevenção e resposta

Incêndios: Marcelo destaca papel de MAI em matéria de prevenção e resposta

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reconheceu hoje o papel do ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, no combate aos incêndios, considerando que “é justo” agradecer pelo trabalho desenvolvido nos últimos anos neste domínio.

Enquanto discursava na inauguração da sede da Liga dos Bombeiros Portugueses, em Lisboa, o chefe de Estado reconheceu o trabalho de Eduardo Cabrita em matéria de combate a incêndios e as lições aprendidas depois das tragédias de 2017.

“Queria dizer, porque é justo, é justo e não tem sido dito ao MAI, que neste domínio, há que lhe agradecer. Como em tudo na vida, há domínios que correm melhor e correm pior na vida dos políticos”, sustentou Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República acrescentou que o governante “fez o que podia e o que não podia, para tentar aprender as lições do passado”, enquanto instituição, e “é bom que se diga isto agora para não ser tarde demais quando se tiver de dizer”.

“Fica dito e fica agradecido”, finalizou.

Interpelado pelos jornalistas no final desta sessão inaugural sobre se esta declarações antecipavam uma saída de Eduardo Cabrita do Governo, Marcelo Rebelo de Sousa disse que o agradecimento foi feito por ocasião da aproximação do fim do período anual mais críticos dos incêndios.

“Não há dúvida de que há, em matéria de prevenção e em matéria de resposta, uma realidade diferente em muitos aspetos daquela que existia até 2017 e isso devia ser reconhecido”, explicou.

Durante o discurso, Marcelo Rebelo de Sousa também enalteceu o papel do presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, o comandante Jaime Marta Soares, na defesa das reivindicações dos bombeiros, sempre com um estilo “desempoeirado” e sem esquecer “tudo aquilo que são os pontos fundamentais pelos quais lutou e luta”.

O chefe de Estado também disse que hoje “a festa” é de Jaime Marta Soares, e como o comandante optou por condecorar elementos de várias corporações, “o galardão que merecer há de recebê-lo noutra ocasião”.

Comente este artigo
Anterior Ministra da Agricultura deixa direção do PS
Próximo Na Serra do Alvão, a vaca Maronesa combate as alterações climáticas

Artigos relacionados

Nacional

Cultivares de oliveira: Frantoio

Cordeiro, A.M.; Calado, M.L.; Morais, N.; Miranda, A. & Carvalho, M.T.
INRB / L-INIA / URGEMP
Aspectos Gerais
Sinonímias reconhecidas: ‘Frantoiano’, […]

Últimas

Aberto novo concurso do Programa Nacional de Regadios com dotação global de 93 ME


O concurso para a segunda fase do Programa Nacional de Regadios já está aberto e conta com uma dotação global de 93 milhões de euros para financiar projetos situados no Alentejo, […]

Internacional

Incêndios florestais na Rússia já atingiram mais de um milhão de hectares

Os incêndios florestais na Rússia já atingiram mais de um milhão de hectares e há mais de 300 focos ativos, a maioria em Yakutia, no Extremo Oriente, segundo as autoridades. […]