Incêndios: Madeira abre “procedimento excecional” para meio aéreo por 695 mil euros

Incêndios: Madeira abre “procedimento excecional” para meio aéreo por 695 mil euros

O Governo da Madeira abriu hoje um “procedimento excecional” para a contratação de um meio aéreo de combate a incêndios florestais, para operar no arquipélago entre 15 de julho e 14 de novembro, pelo preço base de 695 mil euros.

O executivo regional, de coligação PSD/CDS-PP, refere que o procedimento irá permitir a consulta a três empresas concorrentes, com vista a dotar a região de um helicóptero de combate a incêndios florestais e resgate e salvamento em terra, a partir do dia 15 de junho, data de início do Plano Operacional de Combate a Incêndios Florestais (POCIF 2021).

“O concurso internacional para o meio aéreo, que estava a decorrer, foi objeto de reclamações as quais inviabilizam a continuidade do processo com a celeridade desejada de forma a termos o meio aéreo na Madeira a partir do dia 15 de junho”, refere a Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil em comunicado.

Por isso, o executivo decidiu autorizar a abertura de um procedimento excecional, no sentido de “assegurar a segurança da população e a defesa do património”, face à ameaça dos fogos.

“Foi igualmente aprovado, no Conselho de Governo, a abertura de um novo procedimento internacional que garantirá a permanência de um meio aéreo (helicóptero médio) para ‘multi-mission’ nos próximos três anos, com início a 15 de novembro de 2021 e término a 14 de junho de 2022”, esclarece o executivo.

Este contrato comporta a possibilidade de duas renovações, pelo período de um ano cada, com o preço base global de 4,3 milhões de euros.

Comente este artigo
Anterior Terra, Alentejo, em Odemira - Agostinho Lopes
Próximo O homem que olhou, viu e fez - Pedro Ramires

Artigos relacionados

Últimas

Inaugurado Furo de Captação de Água do Cabeço Pequeno no Município da Madalena


Foi inaugurado, esta terça-feira, o furo de captação de água do Cabeço Pequeno, localizado na Estrada Longitudinal, tendo a gestão do equipamento sido entregue ao Município da Madalena, […]

Nacional

Greve dos motoristas. Há milhões de litros de leite em risco de serem destruídos no campo

[Fonte: Expresso] E “isso pode ser desastroso para o ambiente”, alerta a indústria de laticínios

A ANIL – […]

Últimas

Inundações destroem mais de 54.000 hectares agrícolas no sul de Moçambique

Mais de 54 mil hectares de diversas culturas foram destruídos na atual época chuvosa, desde outubro, na província de Gaza, sul de Moçambique, devido a inundações, anunciaram hoje as autoridades. […]