Incêndios: Fogo em Odemira combatido por quase 180 operacionais e 11 meios aéreos

Incêndios: Fogo em Odemira combatido por quase 180 operacionais e 11 meios aéreos

Um incêndio deflagrou hoje à tarde em mato e povoamento florestal na freguesia de Sabóia, concelho de Odemira (Beja), e está a ser combatido por quase 180 bombeiros, apoiados por 11 meios aéreos, revelou a Proteção Civil.

Contactada pela agência Lusa, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) revelou que o fogo, cujo alerta foi dado aos bombeiros às 13:14, está a consumir “uma zona de mato e de povoamento florestal”, incluindo “sobreiros, eucaliptos e pinheiros”.

Às 15:15, o combate às chamas envolvia um total de 176 operacionais, apoiados por 44 veículos e 11 meios aéreos, disse a mesma fonte.

O incêndio teve início na zona da localidade de João Martins, na freguesia de Saboia, e “tem duas frentes ativas”, estando os bombeiros “a combater as chamas e também a fazer proteção a habitações dispersas”.

“Há habitações dispersas que se encontram na frente de fogo e os bombeiros estão também a protegê-las. Até ao momento, não temos conhecimento de qualquer habitação atingida”, garantiu à Lusa a fonte da ANEPC.

A operação de combate envolve meios dos bombeiros e da Força Especial de Proteção Civil, assim como a AFOCELCA, GNR e Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Comente este artigo
Anterior Exportações dos Vinhos do Alentejo sobem 20% com receitas de 32 ME no 1.º semestre
Próximo Menos dois incendiários detidos este ano em relação a 2020

Artigos relacionados

Dossiers

AFBV avança para núcleos de gestão florestal

A evolução do projeto de áreas agrupadas levará à constituição de manchas geridas com maiores dimensões e todos os benefícios inerentes. […]

Notícias florestas

MAAVIM – balanço da actividade do Movimento Apoio às Vitimas dos Incêndios de Midões

A MAAVIM (Movimento Associativo de Apoio às Vitimas dos Incêndios de Midões) apresentará publicamente o balanço da actividade deste movimento, bem com serão dadas a conhecer as novas atividades a fazer, […]

Nacional

Vindimas revelam produção inferior ao inicialmente previsto pelo INE

As vindimas prolongaram-se ao longo do mês de Setembro, havendo regiões onde ainda não terminaram, explica o Instituto Nacional de Estatística (INE) no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – […]