Incêndios. Agricultores em Monchique desistem de apoios

Incêndios. Agricultores em Monchique desistem de apoios

[Fonte:RTP Notícias]

Não se conhece o número total de candidaturas apresentadas ao longo de dois meses, mas sabe-se que muita gente desistiu ou nem sequer tentou candidatar-se, como foi possível constatar na freguesia de Alferce. Uns por causa da burocracia, por terem de coletar-se nas Finanças ou por terem que avançar primeiro com o dinheiro.
Em causa estão ajudas a fundo perdido para a reposição de animais, culturas permanentes, máquinas e equipamentos agrícolas, armazéns e outras infraestruturas de apoio. Os apoios vão de 100 euros até aos 800 mil euros.
O prazo para a apresentação de candidaturas aos apoios para agricultores que sofreram prejuízos na sequência do incêndio de Monchique deveria ter terminado esta quarta-feira. O Ministério da Agricultura decidiu entretanto alargar o prazo e dar mais um mês para a apresentação de candidaturas.

Comente este artigo
Anterior Adiantamentos pedido único da campanha 2018
Próximo Brasil/Eleições: Bolsonaro pondera desistir da fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente

Artigos relacionados

Últimas

Associações de Regantes promovem Sistema para Avaliar e Melhorar Eficiência da Água e Energia – Grupo operacional Agir

A melhoria de eficiência através do uso eficiente da água e da energia, constitui uma das principais preocupações das Entidades Gestoras – Associações de Regantes, […]

Nacional

IFAP: Declarações de existências de suínos

[Fonte: IFAP]
Irá estar disponível no Portal do IFAP, a partir do dia 1 de dezembro, […]

Nacional

Portugal, China e Nova Iorque. Azeites CAMB estão imparáveis

2019 tem sido um ano de especial importância para a CAMB que, só no último mês, já recebeu diversos prémios em locais tão variados quanto Portugal, […]