I Conferência Ibérica sobre Adaptação às Alterações Climáticas: Desafios e soluções do setor agrário para adaptar-se às alterações climáticas – 18 de novembro

I Conferência Ibérica sobre Adaptação às Alterações Climáticas: Desafios e soluções do setor agrário para adaptar-se às alterações climáticas – 18 de novembro

Debateremos com os oradores sobre os desafios e possíveis soluções do setor agrário perante as alterações climáticas. Um colóquio que se estruturará em três painel de discussão e no qual a participação do público com perguntas e comentários será decisiva.

  • O primeiro painel de discussão versará sobre as políticas e, principalmente, sobre os desafios e oportunidades da futura PAC para a adaptação às alterações climáticas e sinergias com o
  • Plano Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas (PNACC).
  • O segundo painel abordará o estado do conhecimento científico e as necessidades e desafios para a transferência deste conhecimento para os diferentes elos do setor agrário.
  • O terceiro painel de discussão centrar-se-á nas soluções e nas medidas identificadas de adaptação às alterações climáticas para a sua aplicação a nível de exploração agrária.

→ Inscrição ←

Programa

Coordena
Vanessa Sánchez Ortega, Fundação Global Nature

Intervêm

  • Joaquín Rodríguez Chaparro, Subdireção-Geral de Planeamento de Políticas Agrárias. Secretaria-Geral de Agricultura e Alimentação, Ministério da Agricultura, Pesca e Alimentação.
  • Ana Pintó, Secretaria Espanhola das Alterações Climáticas. Ministério para a Transição Ecológica e o Desafio Demográfico.
  • Hugo Costa Ferreira, Direção de Serviços de Programação e Políticas. Secretaria de Planeamento, Política e Administração Geral. Ministério da Agricultura, Governo de Portugal)
  • Margarita Ruiz Ramos, Centro de Estudos e Investigação para a Gestão de Riscos Agrários e Ambientais (CEIGRAM), Universidade Politécnica de Madrid.
  • Jordi Domingo Calabuig , Fundação Global Nature.
  • Teresa Pinto Correia, Instituto Mediterrâneo de Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento (Universidade de Évora)
  • Javier Alejandre, União de Pequenos Agricultores e Criadores de Gado (UPA)
  • Alfredo Cunhal Sendim, Herdade do Freixo do Meio Cooperativa.
  • Mª José Martínez Sánchez, projeto LIFE AmdryC4 e Universidade de Múrcia.
Comente este artigo
Anterior O Bem-estar Animal em suinicultura é uma realidade ou é um mero argumento de marketing?
Próximo I Conferência Ibérica sobre Adaptação às Alterações Climáticas: Alterações climáticas e água: desafios e soluções para a adaptação - 19 de novembro

Artigos relacionados

Notícias inovação

Estudo indica que a camarinha poderá ter propriedades anticancerígenas

O extrato de camarinha, uma espécie endémica da Península Ibérica, poderá ter propriedades anticancerígenas, revelam os primeiros […]

Nacional

Caça não está proibida nos 121 concelhos com medidas especiais mas caçadores pedem clarificação das regras ao Governo

A renovação da situação de calamidade, com reforço de restrições em 121 concelhos de Portugal continental, e o iminente estado de emergência, não proíbe a actividade da caça. Isso mesmo […]

Nacional

Covid-19 trouxe corrida os cabazes. O futuro da alimentação é local?

O estado de emergência causado pela pandemia levou a um pico na procura dos cabazes de frutas e vegetais vendidos directamente pelos produtores […]