Herdade nega crime ambiental em albufeira de Almodôvar

Herdade nega crime ambiental em albufeira de Almodôvar

Empresa garante que o nível de água “encontra-se atualmente a dois metros acima do nível mínimo ecológico” e nega aumento da capacidade de bombagem.

A Herdade dos Toucinhos nega ter cometido qualquer “crime ambiental” na barragem da Boavista, em Almodôvar, no distrito de Beja, em resposta a acusações feitas na semana passada pela Associação Portuguesa de Carp Fishing (APCF).
A administração da herdade alentejana refere, em comunicado, que “tais acusações são falsas, especulativas e sem qualquer fundamento”.

A Herdade dos Toucinhos, que é a entidade concessionária atribuída pela Agência Europeia Portuguesa do Ambiente (APA) e pela Direção-Geral de Agricultura (DGADR) para a festão da água de rega do perímetro da Boavista, garante que “a sua atuação respeita todos os requisitos, procedimentos e […]

Continue a ler este artigo no Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Rui Rio subscreve críticas das populações ao combate ao incêndio de Castro Marim
Próximo Presidente angolano autoriza contratação emergencial para aquisição de bens agrícolas

Artigos relacionados

Nacional

Agricultor em greve de fome há 24 dias acusa Ministério de sabotagem

Luís Dias encontra-se em greve de fome frente ao Palácio de Belém e reclama uma indemnização por erros cometidos pelo Ministério da Agricultura. Até agora, este só respondeu com auditoria. […]

Últimas

Incêndios: Situação de alerta prolongada até domingo em todo o continente

A situação de alerta devido ao risco de incêndio rural vai prolongar-se até domingo e estende-se agora a todo o território continental, tendo em conta as previsões meteorológicas para o fim de […]

Nacional

Padre de Odemira pede resposta urgente do Governo na integração de imigrantes

O pároco de Odemira, Manuel Pato, lembrou hoje que sempre denunciou as condições precárias em que vivem os trabalhadores migrantes em explorações agrícolas e defendeu a […]