Há uma praga verde no Guadiana e Alqueva responde com tecnologia anfíbia

[Fonte: Expresso]

Há uma praga no Guadiana que ameaça cobrir de verde as superfícies dos cursos de água e das albufeiras. A praga tem um nome: Jacinto. Jacinto-de-água. E tudo indica que desceu desde Mérida, em Espanha, em 2004. Mas a sua origem é o rio Amazonas, no Brasil.

Como é que a plante infestante atravessou o Atlântico? Não se sabe ao certo. Certa é a dor de cabeça que está a provocar aos agricultores e demais agentes que dependem da água do Guadiana, tanto em Espanha como em Portugal. Só do lado espanhol já se gastaram mais de 40 milhões de euros no combate ao jacinto-de-água.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)

Comente este artigo

O artigo Há uma praga verde no Guadiana e Alqueva responde com tecnologia anfíbia foi publicado originalmente em Expresso.

Anterior L’agriculture bio profite aux abeilles
Próximo O leite precisa de resgate? - Nuno Alvim

Artigos relacionados

Nacional

Wine Summit 2019 junta especialistas para debater o futuro vinícola em Cascais

[Fonte: Agricultura e Mar]
A terceira edição do Must – Fermenting Ideas, Wine Summit 2019, que vai realizar-se no Centro de Congressos do Estoril, em Cascais entre 26 e 28 de Junho, encerrará pela primeira vez com uma viagem aos Açores. […]

Últimas

Svenska Skogsplantor pára de usar tratamentos químicos no pinho

[Fonte: Gazeta Rural]

Svenska Skogsplantor pára de usar tratamentos químicos no pinho
A Svenska Skogsplantor (SSP) decidiu deixar de usar pesticidas químicos contra o gorgulho do pinheiro nas plantas dos seus viveiros. Esta decisão será aplicável a todas as entregas a partir da Primavera de 2020. […]

Nacional

Bruxelas destina 3,3 mil milhões de euros para Erasmus+

[Fonte: ECO]

A Comissão Europeia anunciou esta sexta-feira que vai aumentar em 250 milhões de euros a verba do programa Erasmus+, que permite o intercâmbio na União Europeia (UE) para estágios e formação profissional, alocando ao todo 3,3 mil milhões.
Em comunicado, […]