Governo Regional investe este ano 6,5 milhões de euros em caminhos rurais e florestais

Governo Regional investe este ano 6,5 milhões de euros em caminhos rurais e florestais

A diretora regional dos Recursos Florestais afirmou, esta segunda-feira, que este ano serão investidos 6,5 milhões de euros na construção e beneficiação de mais de 41 quilómetros de caminhos rurais e florestais em várias ilhas dos Açores, contribuindo para melhorar a acessibilidade, a competitividade e o rendimento dos agricultores.

“Durante o ano de 2019 vão ser concluídos vários processos de investimento iniciados no ano passado e iniciadas obras consideradas de investimento prioritário em infraestruturas agrícolas”, salientou Anabela Isidoro, citada em nota do executivo, aquando da assinatura da consignação da obra do Caminho Rural dos Remédios da Bretanha, no concelho de Ponta Delgada.

A Direção Regional dos Recursos Florestais tem a seu cargo uma rede de caminhos de 1.417 quilómetros, metade dos quais pavimentados.

Relativamente ao Caminho Rural dos Remédios da Bretanha, com uma extensão de dois quilómetros, a Diretora Regional frisou que a obra representa um investimento de cerca de 513 mil euros.

A intervenção, a cargo da empresa Albano Vieira, contempla a pavimentação e a implementação de um sistema de drenagem.
   

O artigo foi publicado originalmente em Açoriano Oriental.

Comente este artigo
Anterior 1º Congresso Ibérico do Milho reúne 632 agricultores e técnicos agrícolas em Lisboa a 13 e 14 de Fevereiro
Próximo Lidl e Portugal Fresh exportam 15 mil toneladas de frutas e legumes para a Europa

Artigos relacionados

Últimas

Habilitação de estabelecimentos que queiram exportar porco para China fica a cargo da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária

“Foi esta semana transmitido à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária que a autoridade competente chinesa GACC, a General Administration of Customs of China, […]

Nacional

Câmara de Sintra vai recolher e substituir kit da Proteção Civil que tem material inflamável

A Câmara Municipal de Sintra, que tem 12 aldeias nos programas “Aldeias Seguras” e “Pessoas Seguras”, anunciou esta sexta-feira que vai “recolher de imediato todos os componentes inflamáveis” […]

Sugeridas

Marcelo exige ação a Costa e dá a palavra ao Parlamento

[Fonte: RTP] O Presidente da República considera que o Parlamento deve clarificar ao país se quer ou não manter o Governo de António Costa em funções. Marcelo Rebelo de Sousa defende ainda que o Executivo deve um pedido de desculpas aos familiares das vítimas dos incêndios florestais de junho e de outubro.