Governo prolonga proibição de queimadas em dez distritos até 16 de maio

Governo prolonga proibição de queimadas em dez distritos até 16 de maio

O Governo decidiu esta terça-feira prolongar a proibição de queimadas e de queimas de sobrantes agrícolas até quinta-feira, 16 de maio, nos distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal, devido ao elevado risco de incêndio.

O despacho assinado pelos ministros da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, é válido naqueles 10 distritos de Portugal continental e é explicado com as previsões meteorológicas para as próximas 48 horas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMAI) diz que se mantém o elevado risco de incêndio na globalidade do território nacional, o que levou a um aviso à população da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) sobre o perigo de incêndio rural, bem como a um comunicado técnico-operacional da ANEPC, que determina o prolongamento do Estado de Alerta Especial Amarelo do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais naqueles distritos até às 23h59 do dia 16 de maio.

Na sexta-feira, o Governo tinha assinado um despacho que proibia a realização de queimadas nos mesmos dez distritos até hoje.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior ​Uma campanha pelos ares: com a época de incêndios à porta, Rangel sobrevoou área ardida em 2017
Próximo Secretário de Estado do Ambiente defende aposta na agricultura de precisão

Artigos relacionados

Sugeridas

Produção de Cereja do Fundão reduzida a menos de metade devido ao mau tempo

Cerca de metade da habitual produção de Cereja do Fundão estará este ano perdida devido às condições meteorológicas “extremas” de final de março e […]

Últimas

Região de Coimbra solidária com agricultores lesados por javalis

“A CIM da Região de Coimbra associa-se à posição da CNA para que o assunto seja discutido em plenário da Assembleia da República”, […]

Nacional

Docente da UTAD nomeado vice-presidente da Fundação do Côa

Domingos Lopes, docente da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e diretor do departamento de Ciências Florestais e Arquitetura Paisagista, […]