Governo estende prazo para apoiar produtores florestais afetados pela tempestade Leslie

Governo estende prazo para apoiar produtores florestais afetados pela tempestade Leslie

[Fonte: Observador]

O Governo estendeu o prazo para as candidaturas dos produtores florestais que pretendem receber apoios após os estragos causados pela tempestade Leslie. A data limite passou para 15 de abril.

As candidaturas para os produtores florestais poderem receber apoios do Estado devido aos estragos causados pela passagem da tempestade Leslie foram alargadas pelo Governo até ao próximo dia 15 de abrilao que avança a TSF. As candidaturas começaram em fevereiro e a data prevista para acabarem era no dia 29 de março, mas o Executivo entendeu alargar o prazo.

Com esta decisão, os produtores florestais afetados pela tempestade Leslie, que afetou várias regiões do país no dia 13 de outubro do ano passado, têm até ao dia 15 de abril para se candidatarem ao Programa de Desenvolvimento Rural e aos fundos específicos para dar resposta a esta catástrofe natural. O prazo foi “prorrogado excecionalmente”, diz o despacho a que a TSF teve acesso.

Este concurso destina-se à reflorestação de áreas afetadas e à recuperação de infraestruturas e tem uma dotação orçamental de oito milhões de euros. Esta é a primeira vez que o Programa de Desenvolvimento Rural prevê verbas para recuperar zonas florestais afetadas por uma tempestade. Anteriormente, o programa previa apenas a recuperação de florestas destruídas por incêndios.

A tempestade Leslie afetou sobretudo as regiões de Aveiro, Viseu, Coimbra e Leiria, no dia 13 de outubro do ano passado, tendo afetado, segundo as contas do Governo, 8 mil hectares de floresta, sendo 3500 hectares de matas públicas.

Comente este artigo
Anterior PSD alerta para “financiamento insuficiente” em formação agrícola
Próximo "Se não chover nos próximos dias, estamos perdidos"

Artigos relacionados

Últimas

Campanha Açores nos supermercados El Corte Inglés regista crescimento de vendas de 35% em 2019

A campanha de produtos alimentares dos Açores promovida pelo El Corte Inglés Portugal em parceria com a Vice-Presidência do Governo, através da SDEA – […]

Nacional

NEYA Lisboa Hotel é o único hotel carbono zero em Portugal

O NEYA Lisboa Hotel renovou a sua Certificação Carbono Zero e tornou-se no único hotel do país neutro em emissões de carbono, […]

Últimas

Câmara de Boticas aprovou Plano de Acção para o Sítio GIAHS Barroso

A Câmara Municipal aprovou, em reunião do executivo que se realizou no passado dia 21 de fevereiro, o Plano de Ação do Sistema Agro-Silvo-Pastoril de Barroso/Sítio GIAHS da FAO, […]