Governo destaca capacidade do setor agrícola para atrair investimento

Governo destaca capacidade do setor agrícola para atrair investimento

[Fonte: Governo] O Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, afirmou que o investimento que uma empresa luso-brasileira está a realizar nos concelhos do Fundão e de Idanha-a-Nova «mostra a capacidade que Portugal tem de atrair investimento estrangeiro».

«É um projeto simbólico porque mostra esta capacidade. É um investimento que vai ser feito numa região do interior de Portugal, de uma enorme dimensão e é essencialmente de capital estrangeiro. Significa ainda que o setor agrícola é um setor dinâmico e capaz de captar investimento», referiu na apresentação do projeto no Fundão.

A empresa agrícola luso-brasileira Veracruz pretende realizar um investimento totaliza 50 milhões de euros e que inclui a plantação de amendoais e a construção de uma fábrica de descasque da amêndoa.

O Secretário de Estado realçou também o papel deste projeto «intensivo mas de intensificação sustentável e inteligente». «Significa, acima de tudo, que se fazem projetos pensando nos territórios e pensado nas pessoas», acrescentou.

O projeto vai utilizar tecnologia avançada no bom uso de recursos como a água e o solo e procura usar tecnologia «para melhor aplicar tudo o que tem a ver» com os tratamentos químicos necessários.

Os promotores preveem investir um total de 50 milhões de euros nos próximos três anos, sendo que têm em curso um investimento de 26,3 milhões na plantação de um amendoal de dois hectares distribuídos entre os concelhos de Idanha-a-Nova e do Fundão.

Comente este artigo
Anterior Altice apresenta queixa no Ministério Público por relatório sobre SIRESP apresentado no parlamento
Próximo Áustria torna-se o primeiro país da UE a proibir o glifosato

Artigos relacionados

Últimas

Diretora Regional de Agricultura aconselha tratamentos “imediatos” na vinha em Mogadouro

[Fonte: SAPO 24]
A diretora regional de Agricultura do Norte deslocou-se hoje ao concelho de Mogadouro para avaliar os estragos provocados pelo mau tempo de sábado, […]

Últimas

​Costa quer Portugal sem centrais a carvão em 2030 e antecipa proibição do plástico descartável

[Fonte: Rádio Renascença]

O primeiro-ministro assumiu esta terça-feira, no parlamento, as metas de Portugal chegar a 2030 sem qualquer central a carvão em funcionamento, […]

Últimas

Inquérito. Anpromis quer quantificar prejuízos causados por javalis no milho

[Fonte: Agricultura e Mar]
A Anpromis — Associação dos Produtores de Milho e Sorgo de Portugal quer contabilizar os prejuízos causados pelos javalis, […]