Governo aprova 37 projetos de regadio em Vila Real

Governo aprova 37 projetos de regadio em Vila Real

O Ministério da Agricultura aprovou 37 projetos de reabilitação de regadios tradicionais no distrito de Vila Real. De acordo com o Governo, em causa estão mais de 1630 hectares, com um investimento público superior a 4,7 milhões de euros.

Numa nota enviada às redações, os responsáveis pela pasta da Agricultura explicam que se tratam de regadios integrados nos concelhos de Boticas, Chaves, Montalegre, Murça, Ribeira de Pena, Valpaços, Vila Pouca de Aguiar e Vila Real, que vão beneficiar 1700 agricultores.

Estes projetos de recuperação complementam o Programa Nacional de Regadios, que prevê um investimento global de 560 milhões de euros na criação e na reabilitação de mais cerca de 100 mil hectares de regadio até 2023, que vão gerar 10 500 postos de trabalho permanentes, de acordo com o Ministério da Agricultura.

Capoulas Santos considera a aprovação destes projetos “uma aposta do Governo num pilar fundamental para o desenvolvimento da região”, lembrando que se trata de “um instrumento essencial para a fixação das populações e para o apoio à agricultura familiar”.

Estes regadios fazem parte de um projeto mais amplo de valorização dos territórios e da atividade agrícola, “tornando-a mais produtiva e mais competitiva, nomeadamente através do uso mais eficiente da água”, sublinha o Ministro da Agricultura, para quem “a sustentabilidade da atividade agrícola é também uma prioridade”.

Capoulas Santos acrescenta ainda a necessidade de adaptação da agricultura portuguesa às alterações climáticas e de contribuir para os objetivos do Governo relativamente à estratégia de descarbonização, neste momento em discussão pública, considerando “urgente promover o uso eficiente do recurso água e a constituição de reservas para enfrentar tempos de escassez decorrentes das alterações climáticas”.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Governo aprovou mais 37 projetos de reabilitação de regadios
Próximo Sapec Agro Business apresenta resultados anuais

Artigos relacionados

Últimas

Capoulas Santos diz que Portugal está “nos primeiros lugares” na execução de fundos comunitários

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, disse esta sexta-feira que Portugal está “nos primeiros lugares” na execução dos fundos comunitários e mostrou-se “muito perplexo” com críticas da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP). […]

Últimas

Aves e coelhos abatidos aumenta 3,2% em Novembro de 2020

O peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 30.350 toneladas em Novembro de 2020, o que representou um aumento de 3,2% (-7,8% em Outubro), devido ao maior volume de abate registado nos […]

Últimas

Incêndios: Alto Minho regista em 2021 segundo número mais baixo de fogos da última década

O distrito de Viana do Castelo registou até quarta-feira o segundo número mais reduzido de incêndios florestais e o terceiro valor mais baixo em área ardida […]