Governo apoia resineiros na vigilância da floresta

Governo apoia resineiros na vigilância da floresta

O Governo reforçou as medidas de vigilância da floresta
através de um protocolo com resineiros e empresas de extração de resina,
assinado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e
pela Resipinus – Associação de Destiladores e Exploradores de Resina. O
objetivo deste protocolo é apoiar ações de vigilância levadas a cabo por
resineiros em áreas de pinhal, no âmbito do Plano Nacional de Defesa da
Floresta Contra Incêndios, e o apoio destina-se ao pagamento  do serviço público prestado por resineiros
que, ao exercerem a atividade de extração de resina para as empresas associadas
da Resipinus, contribuam simultaneamente para o aumento da vigilância dos
espaços rurais.

As ações a apoiar estão integradas num projeto piloto que
irá testar o funcionamento de novos modelos, que conciliam o exercício de uma
atividade produtiva, que importa valorizar, com a defesa de uma floresta que
tem associado um risco de incêndio elevado. Financiado pelo Fundo Florestal
Permanente, o apoio é concedido sob a forma de subsídio não reembolsável até ao
montante máximo de 300.000 euros, correspondendo ao pagamento de 50 euros por
dia, por pessoa, durante a semana e de 100 euros, por dia, por pessoa, ao fim
de semana.  Será ainda apoiada a
aquisição de kits (moto-bomba com depósito de água) para equipamento de
viaturas utilizadas pelos resineiros, com capacidade de realização de primeira
intervenção.

O Fundo Florestal Permanente funciona junto do Instituto de
Conservação da Natureza e das Florestas e tem como missão apoiar a gestão
florestal sustentável nas suas diferentes valências, no âmbito da Lei de Bases
da Política Florestal e da Estratégia Nacional para as Florestas.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural .

Anterior Cortiça portuguesa na Bienal de Veneza
Próximo Feira Nacional de Agricultura recebe seminário “Agricultura, mundo rural e estatuto da agricultura familiar”

Artigos relacionados

Nacional

III Colóquio Hortofrutícola Faceco a 19 de Julho

A 19 de Julho, o Auditório do Crédito Agrícola de São Teotónio, no concelho de Odemira, recebe a terceira edição do Colóquio Hortofrutícola Faceco. […]

Últimas

Coligação ambientalista apresenta queixa em Bruxelas contra o Governo português por “falhar” proteção de aves

As seis maiores organizações não-governamentais de ambiente em Portugal, juntas na Coligação C6, enviaram esta semana à Comissão Europeia uma queixa formal contra o Governo português. […]

Sugeridas

Maior parte das verbas para prevenção de fogos foram para os bombeiros

Cerca de 70% das verbas alocadas à “redução de incêndios florestais” foi canalizada para a compra de veículos de combate e para obras nos quartéis de bombeiros. […]