Governo alarga prazo de candidaturas ao Pedido Único

Governo alarga prazo de candidaturas ao Pedido Único

O Governo decidiu prorrogar o prazo de submissão das candidaturas ao Pedido Único para o próximo dia 6 de maio.

“Após o prazo estabelecido, os agricultores poderão, até ao dia 31 de maio, continuar a entregar as candidaturas, às quais será aplicada uma penalização regulamentar de 1% por cada dia útil de atraso. O prazo para submissão da Comunicação das Transferências acompanha o prazo do Pedido Único 2019”, explica o Ministério da Agricultura numa nota enviada às redações.

“Os pedidos de pagamento dos Prémios à Manutenção e dos Prémios por Perda de Rendimento no âmbito da Medida da Florestação das Terras Agrícolas (RURIS), bem como os Projetos de Arborização, instalados ao abrigo do Reg.(CEE) n.º 2080/92 e Reg.(CEE) n.º 2328/91, podem ser submetidos até ao dia 31 de maio sem aplicação de qualquer penalização”, acrescenta.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Comissão Europeia e BEI lançam programa de empréstimos de 1000 M€ para jovens agricultores
Próximo CEJA saúda a iniciativa conjunta para melhorar o acesso ao financiamento para jovens agricultores

Artigos relacionados

Sugeridas

OE2020: Despesa do Ministério da Agricultura sobe para 1.175,3 milhões de euros

O Ministério da Agricultura terá 1.175,3 milhões de euros para gastar em 2020, um aumento de 26,9% face à estimativa de 2019, […]

Sugeridas

Live-stream Agroglobal 2020: Estratégias “Green Deal”, “Farm to Fork” e Biodiversidade 2030 na PAC e Estratégia Portuguesa na PAC – 11 de setembro – tarde

Live-stream Agroglobal 2020: Estratégias “Green Deal”, “Farm to Fork” e Biodiversidade 2030 na PAC e Estratégia Portuguesa na PAC – 11 de setembro – tarde […]

Dossiers

Tempestade Atlântica afetará o continente. Risco de cheias na Madeira.

A partir do Sábado dia 17 teremos a descida de latitude de uma perturbação polar vinda do Atlântico norte, esta deverá depois interagir com a circulação subtropical na região entre os Açores […]