Governo abre concurso para 40 novas equipas de sapadores florestais

Governo abre concurso para 40 novas equipas de sapadores florestais

[Fonte: MAFDR] Está aberto o concurso para a criação de 40 novas Equipas de Sapadores Florestais, 15 das quais poderão integrar novas Brigadas.

O Governo pretende criar até 5 Brigadas de Sapadores Florestais, integrando 3 Equipas cada uma, envolvendo um efetivo de 15 elementos por Brigada. Podem candidatar-se à criação de Brigadas as Comunidades Intermunicipais ou as Áreas Metropolitanas, sendo que a área de intervenção de cada Brigada deverá abranger um território mínimo de 7.500 hectares. 
As restantes 25 equipas deverão abranger uma área de intervenção mínima igual ou superior a 2.500 hectares de floresta ou, no caso de se tratar de uma superfície de floresta e matos, com um mínimo de 7.500 hectares. 

As candidaturas devem ser formalizadas junto do ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, através do formulário disponibilizado no sítio da Internet deste instituto, até ao dia 15 de outubro. 

De acordo com o aviso de concurso, até 31 de agosto as entidades titulares de Equipas de Sapadores Florestais podem solicitar ao ICNF autorização para alteração da área de intervenção de uma Equipa de Sapadores Florestais. 

As candidaturas poderão ser apresentadas por Agrupamentos de Unidades de Baldios, Unidades de Baldios, entidades gestoras de Zonas de Intervenção Florestal (ZIF), associações e cooperativas reconhecidas como Organizações de Produtores Florestais e Juntas de Freguesia e seus agrupamentos ou associações. 

A constituição destas novas 40 equipas envolve um montante de 2,6 milhões de euros, financiado pelo Fundo Florestal Permanente (FFP). 

O concurso aplica-se a todo o território nacional e corresponde ao reforço dos meios de prevenção e defesa da floresta contra incêndios, prosseguindo a dinâmica de crescimento do Programa de Sapadores Florestais que este Governo tem vindo a implementar. 

Neste momento, estão já em atividade 400 Equipas de Sapadores Florestais, 128 das quais foram criadas por este Governo. Até ao final do ano, estarão criadas, no total, 500 equipas envolvendo uma força de 2.500 efetivos.

Comente este artigo
Anterior Greve de motoristas: CAP defende “tratamento separado”
Próximo 3.º Relatório Provisório de Incêndios Rurais

Artigos relacionados

Dossiers

Governo prevê para este ano 160 milhões de euros para prevenção

[Fonte: Açoriano Oriental]
O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural disse, esta quinta-feira, no parlamento que estão previstos para este ano 160 milhões de euros para a prevenção dos incêndios florestais.

“Temos um conjunto de metas ambiciosíssimas e o esforço financeiro é enorme. […]

Comunicados

Entidades estratégicas de Castelo Branco acreditadas no âmbito da tipologia Vales Oportunidades para a prestação de serviços pelo Portugal 2020

Entidades estratégicas de Castelo Branco acreditadas no âmbito da tipologia Vales Oportunidades para a prestação de serviços pelo Portugal 2020
O CATAA – Centro de Apoio Tecnológico Agroalimentar e a InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro foram acreditadas para a prestação de serviços no âmbito do Sistema de Incentivos “Vales”, […]

Comunicados

CATAA: Já foram reveladas as 10 principais tendências do setor agroalimentar para 2019

[Fonte: CATAA – Associação do Centro de Apoio Tecnológico e Agro Alimentar de Castelo Branco]
Inovação, novidades e futuras tendências agroalimentares revelaram a importância da modernização, da criatividade e do olhar atento no setor agroalimentar, onde consumidores mais exigentes e mais instruídos aguçam a competitividade e onde as preocupações ambientais ganham cada vez mais destaque. […]