GNR detém homem suspeito de crime de fogo florestal em Castelo Branco

GNR detém homem suspeito de crime de fogo florestal em Castelo Branco

A GNR anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 67 anos, em Castelo Branco, suspeito da prática de um crime de incêndio florestal.

Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco da GNR explica que a detenção ocorreu na terça-feira, após o alerta para um incêndio florestal.

“Os militares deslocaram-se de imediato ao local, acabando por deter o suspeito que se encontrava a realizar uma queima de sobrantes, tendo o mesmo perdido o controlo do fogo, propagando-se a uma área de pasto”, lê-se na nota.

Segundo a GNR, o detido foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Castelo Branco.

O artigo foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Syngenta e Agroútil apresentam novas soluções para a cultura do milho
Próximo Já existe um robot capaz de colher 25 mil framboesas por dia

Artigos relacionados

Sugeridas

Aspersores de água ajudam aldeia em Arganil a travar o fogo

A aldeia de Travessas, no concelho de Arganil, vai procurar resistir aos incêndios com 12 colunas de aspersão de água testadas hoje pela equipa de […]

Nacional

Feira Nacional de Agricultura: Atribuído prémio de Melhor Jovem Agricultor em dia com debates de referência sobre temas actuais do mundo agrícola

O prémio de “Melhor Jovem Agricultor 2019”, iniciativa que tem como objetivo valorizar e premiar os novos projectos na área agrícola e cujo vencedor vai representar Portugal no Concurso Europeu em Bruxelas, […]

Nacional

Auchan apresenta “verdes” km zero

Sob alçada da insígnia Auchan, a estreia do projeto que reinventa a oferta de produtos frescos, como ervas aromáticas e outros vegetais “KM zero”, […]