Geada estragou vinhas em Constantim e Guiães

Geada estragou vinhas em Constantim e Guiães

A vida dos agricultores não está fácil. Para além dos problemas associados à pandemia de covid-19, o mau tempo que se fez sentir na semana passada queimou uma parte significativa das vinhas em Constantim e também em Guiães.

Um dos produtores afetados foi Luís Faceira, que tem uma produção anual superior a 20 pipas de vinho, mas este ano não sabe o que irá colher, numa altura em que estão a rebentar as videiras.

“É tudo a ajudar”, diz em tom irónico à VTM, adiantando que em Constantim foram vários produtores afetados, com muitas videiras queimadas pela forte geada que caiu na quarta-feira, dia 1 de abril.

Sobre a queda de produção que poderá vir a ter, Luís Faceira diz que ainda é cedo para previsões e espera que os rebentos das plantas ainda consigam recuperar nos próximos meses, no entanto a agricultura é uma atividade “muito imprevisível” e até à vindima ainda falta muito tempo. “Não fiz nenhum tratamento adicional, vamos ver como corre”. 

Em Guiães, a neve e a geada também afetaram as vinhas, com os agricultores a ter despesas redobradas para minimizar os prejuízos.

É o caso de Fernando Borges, que já aplicou um tratamento na vinha, no entanto, depois do mau tempo da semana passada, terá forçosamente de fazer outro.  “É mais despesa para quem vive apenas da vinha, mas por vezes o tempo surpreende e acaba por trazer prejuízos com os quais não estávamos a contar”. 

“Os tratamentos a mim não me incomodam muito, porque consigo fazê-los sozinho com a ajuda do trator”, sublinhou, adiantando, no entanto, que se tem verificado um “aumento do custo dos produtos fitofarmacêuticos em relação ao ano passado”.

O artigo foi publicado originalmente em A Voz de Trás-os-Montes.

Comente este artigo
Anterior Queijo do Rabaçal com quebras acentuadas na produção
Próximo Estrangeiros fazem quarentena antes da apanha da cereja

Artigos relacionados

Comunicados

Mercadona aumenta o investimento em 50%, chegando aos 1.504 milhões de euros, e fatura mais 6%, num total de 24.305 milhões de euros

[Fonte: Mercadona]
Depois de decidir, há dois anos, iniciar um processo disruptivo e fazer o que fosse necessário para transformar a empresa e continuar a ser a melhor opção para “o Chefe”
• Com a criação de 1.800 novos empregos estáveis e de qualidade, […]

Últimas

PS propõe no seu manifesto um novo Plano de Investimento para a Europa

O PS propõe no seu manifesto para as eleições europeias a adoção de um “Plano de Investimento para a Europa” capaz de estimular o crescimento das economias dos Estados-membros, […]

Notícias fitofarmacêuticos

Valorfito renova licença e alarga âmbito de atuação

O Valorfito, o Sistema Integrado de Gestão de Embalagens e Resíduos em Agricultura, viu renovada a licença em vigor e passa a integrar a gestão dos resíduos das embalagens dos biocidas de controlo de animais prejudiciais e de proteção da madeira, […]