Fundo Ambiental financia 228 municípios para estudar recolha de biorresíduos

Fundo Ambiental financia 228 municípios para estudar recolha de biorresíduos

O Fundo Ambiental vai financiar 228 municípios, correspondentes a 91 candidaturas, no âmbito do «Programa de Apoio à Elaboração de Estudos Municipais para o Desenvolvimento de Sistemas de Recolha de Biorresíduos». Cada município receberá 5000 euros, representando um montante global de financiamento de 1 milhão e 140 mil euros.

Este programa permitirá às autarquias conhecer os investimentos necessários para assegurar a separação, reciclagem e o tratamento dos biorresíduos. Desta forma, será possível identificar as necessidades e prioridades de financiamento comunitário e nacional para este sector.

Com esta verba, as autarquias poderão ainda proceder à articulação entre as entidades gestoras responsáveis pela recolha seletiva dos biorresíduos, otimizar a capacidade já instalada, ou a instalar, pelos sistemas de tratamento de resíduos urbanos, em função da quantidade de biorresíduos que se prevê que venham a ser recolhidos. Será possível também conhecer o potencial de aproveitamento de biorresíduos em cada área geográfica, através da sua valorização energética e orgânica, por exemplo para enriquecimento dos solos ou produção de energia.

As conclusões deste programa permitirão apoiar a elaboração de um diagnóstico nacional que possibilite o desenvolvimento do futuro plano estratégico dos resíduos urbanos (PERSU 2030).

Recorde-se que Portugal está obrigado a implementar um sistema de separação e reciclagem dos biorresíduos até ao final de 2023, de acordo com a Diretiva (UE) 2018/851 do Parlamento Europeu, aprovada em 2018. Sendo a separação, reciclagem e a recolha seletiva de biorresíduos uma responsabilidade municipal, compete aos municípios definir, seguindo critérios de custo eficazes, a melhor forma de os gerir, por si ou contratando-a terceiros. Assim, é importante a realização de estudos para avaliar as melhores soluções e assegurar a racionalidade dos investimentos a realizar.

Comente este artigo
Anterior AgroVida novembro
Próximo Live-stream: As florestas no Orçamento do Estado para 2021

Artigos relacionados

Ofertas

Oferta de emprego – Engenheiro Agrónomo Chefe – canábis – Campo Maior

A Pharmaplanet é um laboratório farmacêutico, mas também uma empresa que presta serviços especializados em áreas científicas e comerciais. Disponibilizamos soluções técnicas com […]

Últimas

António Redondo assume liderança Executiva da Navigator

António Redondo é o novo Presidente da Comissão Executiva da The Navigator Company, assumindo funções a partir […]

Nacional

IACA entrega rações a produtores afetados pelo fogo

A IACA já entregou as primeiras toneladas de rações destinadas a animais pertencentes a pequenos produtores que foram afetados pelos incêndios em Vila de Rei, […]