Fundação Yves Rocher volta a distinguir mulheres com projetos de relevo na área do ambiente

Fundação Yves Rocher volta a distinguir mulheres com projetos de relevo na área do ambiente

A Fundação Yves Rocher vai voltar a premiar mulheres com projetos na área do ambiente, no âmbito do Prémio Terre de Femmes. De acordo com a organização, para assinalar os 10 anos da iniciativa em Portugal, o prémio vai distinguir três mulheres com um prémio total de 18 mil euros – 10 mil para a primeira classificada, 5 mil para o segundo lugar e 3 mil para a terceira mulher a ser distinguida.

Para além do prémio atribuído no mercado nacional, e vencedora portuguesa ficará também habilitada ao Grande Prémio Internacional, no valor adicional de 10 mil euros.

Na última edição, a vencedora do Terre de Femmes Portugal foi Estrela Matilde, uma portuguesa a viver na Ilha do Príncipe e que criou a Cooperativa de Valorização dos Resíduos, coordenado um grupo de dez mulheres que desenvolvem joias a partir de garrafas de vidro recicladas, contribuindo para o desenvolvimento económico e social das famílias da ilha.

A nível nacional, onde se realiza desde 2009, o Prémio Terre de Femmes já distinguiu 22 mulheres e apoiou com mais de 100 mil euros projetos de impacto social, ambiental e económico.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Cereais de inverno: superfície plantada atinge o valor mais baixo dos últimos 100 anos
Próximo Autarca regista juventude e o rejuvenescimento do setor agrícola

Artigos relacionados

Últimas

Nota de esclarecimento do Ministério da Agricultura: Luís Dias

Relativamente ao caso do Senhor Luís Dias, que se encontra em greve de fome na sequência de divergências com o Ministério da Agricultura, relativamente à elegibilidade de despesa apresentada […]

Newsletters

ENRD publica Newsletter de maio 2021

A Rede Europeia de Desenvolvimento Rural disponibiliza a sua newsletter informativa, do mês de maio, onde aborda um conjunto de temas entre os quais se destacam o tema das alterações climáticas, […]

Notícias florestas

“A floresta abandonada não vai dar-nos riqueza”

Pedro Pinto, gestor florestal, reclama mais investimento na floresta, para a fazer crescer e desenvolver-se no futuro. […]