FSC Portugal promove inquérito para avaliar o reconhecimento da sua marca

FSC Portugal promove inquérito para avaliar o reconhecimento da sua marca

O FSC Portugal – Forest Stewardship Council encontra-se a promover um inquérito online dirigido a todos os Stakeholders do setor florestal em Portugal e à sociedade civil em geral, tendo como objetivo sustentar a definição do Plano de Comunicação Estratégico 2020-2023 do FSC® Portugal.

O inquérito faz parte do processo de auscultação para conhecer os desafios de comunicação na área da gestão florestal responsável, com os seguintes objetivos:

a) Avaliar a percepção e notoriedade da Marca FSC®
b) Identificar desafios e oportunidades no Uso da Marca FSC®
c) Compreender as mais-valias e benefícios da Certificação Florestal

O preenchimento do inquérito tem uma duração média de 5 minutos e está disponível até dia 30 de novembro de 2020.

Aceda ao Inquérito através do seguinte link: https://forms.gle/rEBJQsVuZGoWH4Uc8

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Apurados os 12 Finalistas do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola Mais Sustentável
Próximo Governo falha ao não garantir comparticipação nacional para adiantamento das ajudas destinadas a apoiar a Produção Integrada

Artigos relacionados

Comunicados

Mundo Rural une-se em manifesto “Por uma alimentação consciente em Portugal”: Campanha de fake news gera indignação no setor agroalimentar

Organizações ligadas à Alimentação e ao Mundo Rural repudiam as inverdades sobre o agroalimentar e condenam a campanha de rumores sobre uma área de atividade que é indispensável […]

Últimas

O ABC da certificação internacional da gestão florestal – Que vantagens?

[Fonte: 2BForest]
A 2BForest vai lançar um conjunto de Notas informativas e entrevistas que têm por objetivo informar proprietários florestais, […]

Nacional

Recolha de leite de vaca e fabrico de produtos lácteos registam queda em Abril

A recolha de leite de vaca em Abril de 2019 foi 166,0 mil toneladas, o que indica um decréscimo de 1,4% (-1,9% em Março), […]