Fruteiras e olival com campanhas pouco favoráveis – Outubro de 2020

Fruteiras e olival com campanhas pouco favoráveis – Outubro de 2020

As previsões agrícolas, em 31 de outubro, apontam para diminuições significativas na produção de maçã (-25%, face à campanha anterior) e de pera (-35%), quer devido a condicionalismos fisiológicos, quer devido a condições meteorológicas adversas. Essencialmente devido à redução da produtividade dos amendoais de sequeiro do interior Norte, também se prevê a diminuição da produção de amêndoa relativamente ao ano anterior embora deva atingir a segunda maior produção dos últimos 20 anos. No kiwi a produção deverá situar-se em redor das 32 mil toneladas, valor semelhante à campanha anterior. A castanha também manterá, previsivelmente, a produção de 2019 (9% acima da média do último quinquénio). Nos olivais a produtividade deverá decrescer 30% face a 2019, num ano de contrassafra e com problemas no vingamento dos frutos. Quanto à vinha, numa campanha com grande heterogeneidade regional, a produção deverá diminuir 5%, face à vindima anterior.

Nas culturas anuais, a produção de tomate para a indústria deverá ser próxima de 1,2 milhões de toneladas, 15% abaixo da campanha anterior. No arroz a produção também deverá diminuir 10%, essencialmente devido à diminuição da área instalada. Quanto ao milho para grão, os resultados das colheitas já realizadas apontam para a manutenção da produção (próxima das 750 mil toneladas).

→ Consulte aqui as previsões agrícolas ←

Comente este artigo
Anterior Consumo dos portugueses em casa continua a aumentar mesmo após confinamento obrigatório
Próximo Regulamentação da “Electricidade Verde” não respeita Lei do Orçamento do Estado 2020

Artigos relacionados

Últimas

Live-stream: Webinar de Comemoração do Dia Mundial do Solo

O Dia Mundial do Solo (WSD), 5 de dezembro é dedicado ao tema “Mantenha o solo vivo, proteja a biodiversidade do solo”. A biodiversidade do solo está sob pressão e a gestão sustentável do solo […]

Nacional

Medronho: uma cultura com grande potencial

[Fonte: Vida Rural] Depois de séculos de quase abandono, o medronheiro (Arbutus unedo L.) é agora o foco de uma ‘frente unida’, […]

Comunicados

FENAREG defende que é tempo de agilizar investimentos no regadio

A Federação Nacional de Regantes defende que este é o momento de decidir e de executar para não deixar passar esta oportunidade […]