França deteta primeiro surto de gripe aviária numa fazenda

França deteta primeiro surto de gripe aviária numa fazenda

O surto, confirmado pelo laboratório da Agência Nacional de Segurança Sanitária Alimentar (ANSES), está situado na localidade de Benesse-Maremne, onde se constatou no sábado “uma mortalidade elevada”, explicou o Ministério da Agricultura, em comunicado.

No dia seguinte, a Prefeitura de Landes ordenou o abate de todos os patos da fazenda e foi estabelecida uma zona de proteção de três quilómetros ao redor e outra de dez quilómetros para vigilância.

Na tentativa de controlar o risco de propagação do vírus, que não é transmitido às pessoas (nem pela ingestão de carne, ovo ou “foie Gras”), foi proibido naquela zona o transporte de aves e estabelecidas “medidas sanitárias rigorosas”.

Este é o primeiro caso de gripe aviária encontrado numa fazenda na França. No entanto, desde meados de novembro, já tinha sido identificado um surto numa “pet shop” na ilha da Córsega.

Além disso, o Ministério da Agricultura disse hoje que também foram confirmados vários casos de infeção em aves selvagens no final da semana passada: um ganso no departamento de Loire Atlántico (oeste) e três cisnes no departamento de Meurthe-et-Moselle (nordeste).

Em torno dos locais onde esses animais foram encontrados foram estabelecidas zonas de controlo temporário.

JDN // VC

Continue a ler este artigo na Visão.

Comente este artigo
Anterior Alentejo com 10 albufeiras acima dos 50% de armazenamento
Próximo Protestos contra reforma agrícola estendem-se a toda a Índia

Artigos relacionados

LIVE

Live-stream: O papel do aconselhamento agronómico em Portugal. Como evoluíram os métodos?

Live-stream: O papel do aconselhamento agronómico em Portugal. Como evoluíram os métodos? […]

Nacional

Incêndios? Temos que “achatar a curva” – João Adrião

Os incêndios visitam-nos em curvas também elas com picos pronunciados. Acontece que, neste caso, vaga após vaga, teimamos em enfrentar o pico de […]

Nacional

Pandemia fez disparar procura por hortaliças e frutas locais

No Algarve, a rede de pequenos produtores mais do que triplicou desde o confinamento em março. […]