Formação em Vinho do Porto dirigida a profissionais do setor

Formação em Vinho do Porto dirigida a profissionais do setor

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. lança primeira ação de Certificação de Formadores em Vinho do Porto

Curso piloto decorre esta semana

O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) apresenta a primeira ação de formação em Vinho do Porto dirigida a profissionais do setor. Com conteúdos teóricos e práticos, o curso é um projeto destinado à certificação de educadores de Vinho do Porto em todo o mundo, para que fiquem habilitados, pelo IVDP, a disseminar conhecimento sobre temas como: vinha e viticultura, castas e suas potencialidades, como fazer um blend, envelhecimento, fiscalização, certificação, harmonizações gastronómicas e cocktails.

Certified Port Educator é um curso intensivo orientado por profissionais do IVDP e de empresas de Vinho do Porto, tem duração de três dias completos e realiza-se com grupos de até 9 pessoas. De abordagem teórica e prática, integra visitas, provas, harmonizações e conversas à volta do Vinho do Porto, das suas particularidades, diversidade e versatilidade. As sessões têm lugar entre o IVDP, caves de Vinho do Porto em Vila Nova de Gaia, quintas no Douro e restaurantes.

Esta semana decorre a sessão piloto e, a partir de 2019, haverá duas formações por ano. As inscrições serão feitas através do site do IVDP e estarão sujeitas a um processo de seleção prévia. Os interessados poderão candidatar-se a frequentar o curso para, certificados pelo IVDP, virem a apresentar o Vinho do Porto em ambiente académico ou profissional.

“Queremos criar embaixadores formados em Vinho do Porto. Num contexto global de concorrência crescente e forte disseminação de informação, é fundamental incentivar a comunicação orientada e fundamentada, pelo que nos cabe a preparação e validação das aptidões dos formadores e seu domínio das caraterísticas ímpares e das potencialidades do Vinho do Porto”. Manuel Cabral, Presidente do IVDP.

→Consulte mais informações aqui←

Comente este artigo
Anterior VERDES PT: a App que quantifica e qualifica os resíduos sólidos domésticos produzidos em Portugal
Próximo Seminário «Recursos Hídricos na Agricultura - 10 anos de TRH» - 23 de Novembro - Lisboa

Artigos relacionados

Últimas

O GPP estima que a produção nacional de azeite tenha caído 31%

[Fonte: GPP] O GPP estima que a produção nacional de azeite tenha caído 31% na campanha 2016-2017, relativamente à campanha anterior, cifrando-se em cerca de 75,2 mil toneladas
Já se encontram já publicados na página web do GPP ( SIAZ<http://www.gpp.pt/index.php/estatisticas-e-analises/siaz-sistema-de-informacao-sobre-o-azeite-e-a-azeitona-de-mesa-2> […]

Comunicados

PDR com 536 milhões de euros para a floresta

O Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, afirmou hoje que o “Governo está empenhado na “promoção e captação de investimento para a floresta, estabelecendo medidas que diminuem o risco que os incêndios rurais e as pragas e doenças representam para a floresta”. Luis Vieira, […]

Nacional

Três anos de seca deixa albufeiras sem água para a campanha de rega de 2017

O terceiro ano consecutivo de precipitação inferior ao normal agrava o armazenamento das albufeiras do Alentejo, onde as disponibilidades não ultrapassam os 40% do volume total.
Na bacia hidrográfica do Sado ocorrem os registos mais críticos, com volumes armazenados úteis nas albufeiras de Odivelas e do Roxo de 6% e 10%, […]