Formação em “Gestão e valorização de Efluentes Pecuários” – Junho e Julho 2018 – Vila do Conde

Formação em “Gestão e valorização de Efluentes Pecuários” – Junho e Julho 2018 – Vila do Conde

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) está a organizar um conjunto de ações de Formação Especializada para Técnicos no Domínio Temático: Fontes de Energia Renovável. Neste domínio enquadra-se o curso de “Gestão e valorização de Efluentes Pecuários”, a realizar em Vila do Conde (local a confirmar), com a duração de 35 horas, nos dias 27, 28, 29 Junho, 05 e 06 de Julho, em horário laboral, das 9:00 às 17:00 (7 horas/dia).

Este curso destina-se a técnicos licenciados das associações e cooperativas de produtores de leite e técnicos da administração central e local, com intervenção na legalização e acompanhamento de pecuárias/vacarias; do controle da qualidade das águas residuais, entre outros.

Este curso é de suma importância para os técnicos e agentes do concelho de Vila do Conde e limítrofes pois tem como objetivo minimizar o impacte ambiental dos chorumes e do azoto nas linhas de água, através da aplicação de planos de gestão de resíduos resultantes da atividade pecuária.

Os dois formadores deste curso (Prof. Henrique Trindade, da UTAD e o Prof. José Luis Pereira, da ESA Viseu), são dois dos os mais reputados especialistas em Portugal na abordagem desta temática, sendo uma mais valia para os formandos que frequentarem esta formação.

Estes cursos são financiados pelo PDR2020 em 60%, sendo que os restantes 40% são financiados pelos formandos.

→Consulte aqui o programa da formação←

Faça aqui a sua inscrição para a formação

Comente este artigo
Anterior Mudar para quê? - Tiago Costa
Próximo Ministro não cumpre a lei aprovada pela assembleia da república

Artigos relacionados

Últimas

Tempestade Atlântica afetará o continente. Risco de cheias na Madeira.

A partir do Sábado dia 17 teremos a descida de latitude de uma perturbação polar vinda do Atlântico norte, esta deverá depois interagir com a circulação subtropical na região entre os Açores […]

Dossiers

Pedrógão Grande: Dois anos depois ainda está longe o caminho para uma nova floresta

[Fonte: Sapo 24] Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão Grande foi dada “uma atenção redobrada” à prevenção, […]

Notícias florestas

Atenção: Pode fazer queimas e queimadas mas tem de as comunicar previamente

As queimas e queimadas estão autorizadas desde 11 de Outubro. Mas estas têm obrigatoriamente de ser previamente comunicadas. O Decreto-Lei […]