Floricultores reclamam linha de 30 milhões de euros prometida pelo Governo

Floricultores reclamam linha de 30 milhões de euros prometida pelo Governo

Os produtores nacionais de flores e plantas reclamam urgência na criação da linha de crédito que tinha sido anunciada pela ministra da Agricultura, para o setor. A pandemia afetou fortemente os negócios.

As quebras nas vendas chegaram, em alguns casos, aos 100 por cento.

O artigo foi publicado originalmente em RTP.

Comente este artigo
Anterior “Podemos ter vinhos melhores do que os franceses ou os italianos, mas só os conseguimos vender lá fora se forem baratos”
Próximo Alga reduz em 80% as emissões de metano pelo gado

Artigos relacionados

Últimas

Aberto concurso para criação de selo alusivo à redução do desperdício alimentar. Concorra já

A Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar lançou, no passado dia 13 de Setembro, o concurso público para a selecção de um selo distintivo “Produção sustentável, […]

Dossiers

Incêndios: Portugal vai adquirir 14 meios aéreos próprios até 2026

Portugal vai adquirir 14 meios aéreos próprios de combate aos incêndios rurais até 2026, anunciou hoje o ministro da Administração Interna. […]

Dossiers

Segurança na utilização de máquinas agrícolas: factos e reflexões que urgem serem resolvidos

A importância do uso de máquinas agrícolas na agricultura há muito que representa mais do que um mero fator de produtividade. […]