Feira Rural regressa a Torres Vedras

Feira Rural regressa a Torres Vedras

A Feira Rural de Torres Vedras regressa ao centro da Cidade no dia 6 de julho, sábado, entre as 8h00 e as 17h00. Centenas de bancas com a qualidade e frescura dos produtos da nossa terra vão percorrer as ruas de Torres Vedras, onde é possível adquirir produtos hortícolas e frutícolas, vinho, artesanato, antiguidades e muitos mais.

Na Praça da Batata serão lembrados os tempos antigos com a presença de diversos produtores de batata. Aqui poderá não só comprar este produto mas também degustá-lo na Street Food “Fritaria” que irá disponibilizar, entre as 10h00 e as 16h00, diferentes tipos de batata confecionadas de várias formas. Animação não vai faltar neste local, que contará com a atuação de Joana Margaça, entre as 11h30 e as 12h30 e as 15h00 e as 16h00.

Também como novidade na Feira, o espaço dedicado à gastronomia tradicional é agora proporcionado na Praça Machado Santos, onde chefs de restaurantes do Concelho apresentam vários pratos que constituem a oferta regular dos mesmos.

Durante a manhã, os mais pequenos podem usufruir gratuitamente do Passeio de Burritos.

A animação musical itinerante é sempre um momento de entretenimento garantido, com a atuação dos ranchos folclóricos do Concelho:

10h00 às 11h00 | Rancho Folclórico da “Os Agricultores da Azenha Velha”
14h30 às 15h30| Rancho da Colaria

Enquanto faz as suas compras, as crianças podem desfrutar do serviço de babysitting gratuito, onde os mais novos, durante um período máximo de 1 hora, dão largas à imaginação e à criatividade, acompanhados por profissionais.

Para garantir as deslocações e fazer as delícias dos mais novos o comboio turístico estará em funcionamento de forma gratuita.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Los pirómanos no son la causa de los grandes incendios forestales
Próximo Governo elogia investimento de 50 milhões de euros em produção de amêndoa no Fundão e Idanha-a-Nova

Artigos relacionados

Últimas

Nada se desperdiça e tudo se transforma na cortiça

Depois de uma drástica queda na primeira década do século, a indústria portuguesa da cortiça teve de se reinventar. Fábricas uniram-se […]

Dossiers

Bióloga portuguesa ganha 1,5 milhões de euros para produzir cevada sustentável

Na Irlanda, Sónia Negrão recebeu uma bolsa de 1,5 milhão de euros no âmbito do prémio Líderes do Futuro na Investigação. A portuguesa quer […]

Nacional

PS/Açores defende que União Europeia deve premiar práticas sustentáveis

O líder da bancada parlamentar do PS nos Açores, Francisco César, defendeu que a região tem de manter fundos comunitários que garantam a sustentabilidade da agricultura e das pescas e o crescimento da aposta em setores inovadores. […]